Mensagem

Mensagem

terça-feira, 16 de março de 2010

Em memória de

Natália de Oliveira Correia

13 de Setembro de 1923 — Lisboa, 16 de Março de 1993

Auto-retrato

Espáduas brancas palpitantes:
asas no exílio dum corpo.
Os braços calhas cintilantes
para o comboio da alma.
E os olhos emigrantes
no navio da pálpebra
encalhado em renúncia ou cobardia.
Por vezes fêmea. Por vezes monja.
Conforme a noite. Conforme o dia.
Molusco. Esponja
embebida num filtro de magia.
Aranha de ouro
presa na teia dos seus ardis.
E aos pés um coração de louça
quebrado em jogos infantis.



Natália Correia
EU DURMO QUANDO EU QUERO

Este é o titulo do “power point" de hoje.
Esta presentação, é um hino á ternura, por contraste ás violências descritas no texto que se segue , na coluna que hoje iniciamos «O JUSTICEIRO DE N'OZ».



NESTE LINK
.

E NÃO ESQUEÇA DE CLICAR DEPOIS, EM F5




O JUSTICEIRO DE N'OZ

Começamos hoje uma nova coluna, intitulada “O JUSTICEIRO DE N’OZ” que mais não tenta ser, do que o sítio reservado á denúncia dos corruptos e das corrupções.
Apropriando-se de uma alegoria ao celebérrimo “FEITICEIRO DE OZ” nós, tal como a pequena Dorothy heroína da história, levada pela tempestade, escondemo-nos não como ela, numa pequena casa de uma terra desconhecida, mas num Blogue de uma terra, onde até a desvergonha é cumpliciada pelo governo.
Não tenho a pretensão que o meu Blogue tenha sobre ele (governo mais a sua corte), o mesmo efeito que a casa que caíra sobre uma perigosa bruxa, matando-a, (mas se pudéssemos, já tínhamos corrido com eles há muito tempo!!!).
É nas múltiplas denúncias das malfeitoria e desgoverno em que navegamos e da divulgação dos delitos da sua corte, que vão surgindo e multiplicando, que se pode fazer germinar, algumas soluções para o nosso descontentamento.
Acreditamos, aliás temos a certeza, que se todos aqueles que se empenham em ter um país decente, evoluindo para a civilização, dirigido por gente honesta, interessada em defender o povo, terá nesta actividade uma chamada “janela de oportunidade” de municiar essa revolução.
As denúncias das manobras desonestas e o esclarecimento das alternativas, são o anteparo que fará germinar os exércitos que irão aparecendo, não como os homenzinhos - os Munchkins – que na referida história eram dominados por aquela malvada “Bruxa do Leste”mas por cidadãos informados, sabedores que o “Leste”, é somente uma inspiração e possam adquirir a qualidade de apaixonados “linguareiros” a espalhar a censura aos “malfeitores” que assolam este país, rastilho para uma nova esperança revolucionária, na busca da justiça social.
Começamos pelo nosso/vosso presidente Narcísico Cavaco Silva, que desconfio gostaria de ser nesta altura o maior “linguareiro”, para poder correr com o socrático governo, mas lá se vai desculpando esfarrapadamente, apesar do seu irrepreensível formato trapezoidal…invertido (atenção, que me estou a referir ao nó!!!), ao seu distintíssimo…..nó da gravata!!!
É impossível que aquela rigorosa perfeição, não seja reflexo, de acribomania (mania do rigor, da exactidão!)
Nós estamos a começar a ficar preocupados, com a nossa própria saúde mental.
Sempre pensamos que o nosso problema era do foro da habromania (distúrbio mental caracterizado por grande alegria e jovialidade)
Agora achamos que estamos a ficar lipemaníacos (perturbação mental caracterizada por tristeza profunda).
Antigamente era o sorridente esgar do nosso Narcísico Cavaco Silva, que atraía a nossa atenção, sempre á espera de descortinar um brilho nos olhos, que correspondesse uma vez que fosse, ao arreganhar da boca, no artificial e denodado esforço de querer fazer parecer, que se estava a rir ou pelo menos a sorrir.
Agora só olhamos para o seu sempre impecável, nó de gravata, para ver se conseguimos descortinar uma vez que seja, uma ligeira ruga, um ínfimo desaperto no pescoço, uma desprezível assimetria no laço, uma depressão que sempre acontece quando se ajeita o aperto.
Não senhor, aquilo deve ser feito á base de goma laca. Desata só com á martelada!!!
Estou a ficar muito deprimido….vou tomar um Bromalex, para poder continuar…..já está!!!!.

Então comecemos pelo Narcísico Cavaco Silva.Ele foi claro:

” Não acredita que o Governo desconhecia o negócio PT/TVI”

e conclui, admitimos nós que com a voz embargada e controlando-se para não se emocionar, a pensar no seu PSD:

” o Presidente não pode demitir o Governo apenas por falta de confiança política”.

Agora falemos não da Bruxa do Leste, mas daquele socrático mitómano, que faz os possíveis para a emular, alérgico ao vermelho, não por lhe lembrar a cor do diabo, seu parente afastado, mas uma rubra bandeira cujo tom esmaecido os seus “compagnon de route” trocaram por um anémico rosa pálido, em resultado de terem enviado o socialismo, dizendo que o colocavam numa gaveta, mas de facto atirando-o às ortigas.

-- Ministério Público investiga novas pistas contra Sócrates no Caso Freeport:
Segundo a edição deste sábado do semanário 'Expresso' o primeiro-ministro, José Sócrates não é arguido no processo”Freeport”, no entanto o Ministério Público está a investigar novas pistas contra Sócrates.
Estão em causa os 2.000.000 de Euros que com mais dois capangas, segundo as notícias de hoje, terão de dar explicações, onde foram parar.
-- Agora outra questão: Sócrates afirmou, no debate televisivo com Francisco Louçã em 08 de Setembro de 2009: “não era a altura para aumentar os impostos e que limitar os benefícios fiscais no IRS prejudicava a classe média”.
-- Segundo José Eduardo Moniz:” Basta consultar os arquivos do debate de Sócrates com Louçã, nas últimas legislativas, para ver como são frágeis os pressupostos em que assentam os seus argumentos, sobretudo, à luz do que o seu líder dizia, na altura, sobre a redução dos benefícios fiscais, hipótese que contrariava, porque a entendia contrária ao interesse dos cidadãos, em particular da classe média”.
-- Tambem afirmou o primeiro-ministro, durante a assinatura de um acordo entre o Governo e a Associação Nacional de Municípios Portugueses: “A verdade é que nós temos um sistema fiscal que permite àqueles que têm mais elevados rendimentos terem mais benefícios fiscais".
-- Se antes das eleições José Sócrates defendeu que limitar os benefícios fiscais no IRS prejudicava a classe média, garante agora que são os contribuintes ricos os prejudicados.

Afinal em que é que ficamos?
Será que este sofre de logomania (loquacidade exagerada, que se observa em certos doentes neuróticos e psicóticos)

-- Segundo o Expresso on-line, Hugo Monteiro garantiu ter recebido autorização de Sócrates para usar a relação de parentesco numa reunião com o director de marketing do Freeport, Simon Jobling, conforme confirmou ontem o Correio da Manhã. O primo do primeiro-ministro foi ontem ouvido no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) no âmbito do processo Freeport .

Esta não é exclusivamente de Sócrates, mas envolve o seu Varal ”alter-ego” e um lobo esfomeado por “pilim” que veste a pele de “Cordeiro” chamado João.

-- Na Revista Sol, num texto assinado por Graça Rosendo, a jornalista escreve que as escutas interceptam Armando Vara a diligenciar ao mais alto nível para que o Conselho de Ministros fizesse um decreto, como "EXIGIA" João Cordeiro, presidente da Associação de Farmácias!
O Governo alterou um decreto-lei sobre a concessão a privados das farmácias hospitalares, a pedido do presidente da Associação Nacional de Farmácias (ANF), João Cordeiro, e nos termos em que este pretendia, já depois da sua aprovação em Conselho de Ministros. Isto foi possível após diligências junto do primeiro-ministro, realizadas pelo então vice-presidente do BCP, Armando Vara -- cujas conversas foram interceptadas, enquanto arguido, no processo Face Oculta.
O diploma em causa foi a Conselho de Ministros no dia 23 de Julho de 2009 – e alterado, ao que tudo indica, no dia seguinte, para se adequar à versão pretendida pela ANF.
-- João Cordeiro foi ‘apanhado’ nas intercepções telefónicas do processo de Aveiro por diversas vezes, quando, durante o mês de Junho, Julho e Agosto do ano passado, conversou com Vara e com o empresário Lopes Barreira, também arguido e sob escuta no Face Oculta.
-- As escutas demonstram igualmente que a ANF (Associação Nacional de Farmácias) negociou o “despedimento” de Correia de Campos e do Secretário de Estado Francisco Ramos.

Ainda mais uma!!!!

--O duvidoso contrato do filho da ministra da saúde Ana Jorge
A psicóloga Raquel Mendes trabalhou três anos gratuitamente na Escola 2,3 João das Regras, na Lourinhã.
Esta psicóloga acusa a direcção escolar: “de contratar, em Fevereiro, o psicólogo Miguel Carvalho, apenas por este ser filho da ministra da Saúde, Ana Jorge”.
Fará igualmente assessoria técnico-pedagógico e será remunerado.

Já agora …..mais outra!!!

-- José Penedos, ex-presidente da REN, recebeu um prémio 160.000 mil euros, correspondente a seis ordenados de 27.000 mensais.
Apesar de já ter deixado a presidência da REN, José Penedos teve direito a prémio na empresa pública.
O arguido no processo "Face Oculta" recebeu 243 750 euros de bónus referentes ao ano passado.
A este valor soma-se ainda ao salário de 27 mil euros por mês.
No total, a REN atribuiu quase 3,2 milhões de euros em salários e prémios aos seus administradores, quer executivos, quer não executivos.
Só em prémios, os gestores executivos receberam, na totalidade, mais de um milhão de euros.
Filipe Botton, dono da “Logoenergia”, representante dos privados que discordaram totalmente das indemnizações e prémios dados ao conselho executivo por proposta da “Parapública” (organismo que representa o Estado com 46%) afirmou hoje, que eram uma vergonha tais pagamentos.

E mais outra!!!

-- Rui Pedro Soares, renunciou ao mandato após a divulgação das escutas do caso 'Face Oculta', vai receber da PT uma indemnização de 600 mil euros!!!
Isto em vez de ser obrigado a pagar uma indemnização ao povo português, por gestão danosa de uma entidade pública.


Para terminar por hoje, colocamos no fim, para entrar na cabeça dos que ainda tem coragem de defender este governo, uma pergunta fundamental, feita por Daniel de Oliveira, jornalista, e se prende com o nosso futuro como nação soberana e independente. Se for levada a cabo, é uma autêntica traição ao povo português.
Dizia ele:
”Ninguém parece estar a ligar muito ao assunto, mas consta que o Governo pensa privatizar CTT, REN, EDP, Galp e TAP. Um passo de enormes consequências, que acabaremos por pagar caro”.