Mensagem

Mensagem

sábado, 29 de agosto de 2009


CAROLINA PATROCÍNIO
MANDATÁRIA DO PARTIDO SOCIALISTA ,
PARA A JUVENTUDE
José Sócrates... está preocupado com a Juventude.
José Sócrates.... está preocupado com os seus problemas.
José Sócrates... está preocupado com os seus anseios.
José Sócrates.... quer que a juventude tenha uma presença nesta campanha.
José Sócrates, ESCOLHE esta mandatária para a juventude.
José Sócrates, escolheu .....e escolheu bem....... diria mesmo…..muiiiiiito bem!!!!
José Sócrates, escolheu Carolina Patrocínio!!!
E quem é Carolina Patrocínio??? Quem é…….Quem é????
Carolina Patrocínio, jovem, bela, corpo de sereia, umas vezes loira a condizer, outras morena a disfarçar, demonstra ser profunda conhecedora da problemática da juventude.
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque….."porque ele tem feito um trabalho" de símio….”quere-se” dizer…."exímio"!!!.
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque……… “ajuda os jovens a construir o futuro”!!! (quando ela diz isto no vídeo, tapa a cara com uma toalha, deve ser para rir á gargalhada!!!)
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque………….. admira José Sócrates porque............ "Gosta de dormir. Acorda sempre tarde".
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque ………...”É daquelas miúdas irritantes, que têm resposta para tudo” “Tá-sa” ver que é a característica ideal, para irritar a oposição!)
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque…………..”É orgulhosa, competitiva e gosta de dar nas vistas e usar bikinis muito piquinininhos” (no Algarve, dois meses e quando aparece uma réstia de sol!!!)
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque ...............”Gosta que reparem, gosta de ser notada e de não passar despercebida” (Só se fossemos ceguinhos!!!)
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque…………..”Só come cerejas quando a empregada lhe tira os caroços”.
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque…………..”Só come fruta descascada e uvas sem graínha..........porque é uma trabalheira”.
Carolina Patrocínio, admira José Sócrates porque…………”Como odeia perder, prefere fazer batota”.
Agora percebo porque José Sócrates escolheu Carolina Patrocínio...... Agora percebo!!!!
O CAMPEÃO DA BATOTA REVÊ-SE NESTA JUVENTUDE!!!!!!!!!!!









A ARTE DO EFÉMERO
LEMBRAM-SE DO PINTOR DE RUA ERIC GROHE?
Aquele artista extraordinário que pintava na rua com giz, imagens aparentemente em três dimensões, de que já publicámos um power point, há tempos?
Hoje entramos noutra expressão artística, mas também na área da arte do efémero.
Quanto talento se recorda, guardado só na memória de uma fotografia!!!.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

ACTIMEL VERSUS DANONE

TENHA MUITA ATENÇÃO!!!

MAIS UMA DAS EMPRESAS FARMACÊUTICAS

Algumas coisas interessantes sobre o ACTIMEL.
O ACTIMEL fornece ao organismo uma bactéria chamada L.CASEI.
Esta substância é normalmente gerada por 98% das pessoas, mas quando é administrada externamente por um tempo prolongado, o organismo deixa de a fabricar e "esquece-se"que deve fazê-lo e como fazê-lo, sobretudo em pessoas menores de 14 anos.No início, surgiu como um medicamento para as raras pessoas que não a fabricavam.
Como esse universo era muito reduzido, o medicamento tornou-se por essa razão, “não rentável”.
Para o tornar rentável, foi vendida a sua patente a uma empresas do sector alimentar.A Secretaria Estado da Saúde (Espanha) obrigou a DANONE (a seríssima DANONE) a indicar de forma clara, na publicidade desse produto, que o mesmo não deveria ser consumido, por tempo muito prolongado.
A empresa cumpriu a determinação oficial, mas de uma forma tão subtil que nenhum consumidor o ficou a perceber o seu alcance e gravidade.
Diz a sua publicidade, por exemplo: “desafio ACTIMEL- tome durante 14 dias”.Se uma mãe decide complementar a dieta com ACTIMEL, não tendo nenhuma aviso/informação sobre os seus inconvenientes, não se apercebe que pode estar a causar um dano importante aos seus filhos.
A multinacional DANONE para incrementar os seus benefícios, utiliza estas manipulações publicitárias, sem se importar com a saúde dos consumidores.
Tenha muita atenção a esta informação e passe a outros sempre que possa.Por favor, passe esta mensagem.


Ana Margarida Pereira
Laboratório de Bioquímica e Bioenergética ( 3.31)
Departamento de Química e Bioquímica (DQB) Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) Campus Gambelas Universidade do Algarve (UAlg) Faro,
Portugal


CHINESISES

O Power point que se segue, aborda alguns dos problemas ligados aos rins, sugerindo algumas indicações criteriosas e extremamente úteis.
Á parte as considerações de carácter específico, relacionadas com a filosofia milenar chinesa de encarar a saúde, esta apresentação aborda, de forma ligeira, o funcionamento e importância de um dos órgãos fundamentais para a nossa boa saúde, que são os rins.
Tenha atenção á matéria e não a subestime.
A ligeireza do texto e a infantilidade do artifício artístico utilizado, podem confundir a seriedade do tema.
Os rins são de facto uma das peças essenciais, do nosso organismo.
Curiosamente tinha um amigo que dizia, a propósito de tudo e de nada, mas com muita propriedade: Oh filho, não te rales, que vai tudo na urina!!!!
Agora para ver a apresentação clique
AQUI

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

EDIFICIOS QUE SÃO OBRAS DE ARTE
.

Hoje vamos publicar 4 apresentações, que são extremamente significativas:
Duas de Portugal, sobre a “Livraria Lello” , do Porto
Uma de Espanha, mostrando a “Catedral da Sagrada Família”, de Barcelona
E finalmente uma de França, a Opera Garnier, de Paris, mais conhecida como simplesmente a "Opera de Paris"

ATENÇÃO - PARA ABRIR OS POWER POINTS, SÓ PRECISA CLICAR PARA ABRIR,
A ÚNICA EXCEPÇÃO É O DA CATEDRAL DE BARCELONA, EM QUE PRECISA DE CLICAR PARA MUDAR O SLIDE.
NA FOTOGRAFIA, A SEGUNDA (A QUE FICA POR BAIXO) É QUE RODA 360 GRAUS, MEDIANTE O MOVIMENTO DO RATO. COMANDAR O MOVIMENTO, PRESSIONANDO OU ALIVIANDO, O BOTÃO ESQUERDO DO RATO.
.
LIVRARIA LELLO & IRMÃO
.
Considerada uma das três mais bonitas livrarias do mundo.
Tomando inicialmente o nome de “Livraria Cadron”, nome por que ainda hoje também é conhecida, foi comprada em 1894 por José Lello, que associado ao seu irmão António Lello, alterou então a designação de “Livraria Lello & Irmão”.
“Situada no centro nevrálgico do Porto, entre os Clérigos e a Av. dos Aliados, o edifício não deixa ninguém indiferente. Foi projectado pelo engenheiro Xavier Esteves, que o construiu de raiz em estilo neogótico. Lá dentro, a livraria estende-se por dois andares e uma imponente escadaria de madeira dá acesso ao segundo piso, de onde se pode ter uma vista geral sobre todo o espaço.”
Possui um grande vitral no tecto, onde está inscrita a divisa da livraria “Decus in Labore”que significa “Dedicação no trabalho”.
Para quem não conheça e possa ter uma ideia da maravilha que esta livraria representa não só para a cidade do Porto, mas para prestígio da cultura em Portugal, apresentamos dois diferentes conjuntos de imagens, que se complementam.

Uma apresentação em POWER POINT ”, para familiarizar com o espaço.
.
A outra apresentação em FOTOGRAFIA DE 360 GRAUS podendo aproveitar para ver muitas mais fotografias com esta técnica, do nosso belo Portugal

CATEDRAL DA SAGRADA FAMÍLIA
.
Esta extraordinária obra de arte, fruto de uma promessa do editor Josep Bocabella, que em 1882, abrira uma subscrição pública para a sua construção, estava prevista inicialmente para ser uma simples igreja em estilo neo-gótico. Devido á sua zanga com o arquitecto Frances de Paula Villar a quem inicialmente tinha entregado a obra, permitiu que o catalão António Gaudi, em 1884, substitui-se este último.
Este genial artista, mudou completamente o projecto, aproveitando-se do forte sentimento religioso que existia nessa época.
Começada a obra em 1884 só no final de 2008 foi aberta ao culto religioso. Esta obra que consumiu 40 anos da sua vida.
A sua originalidade e construção extremamente acidentada, sendo vítima de incêndio, da guerra civil e outros conflitos de todos os tipos, de alterações da traça original, fazem que ainda hoje a obra não esteja completada.
Prevê-se finalmente que as obras estarão terminadas em 1925, com a restauração da parte mais antiga.
Para ver alguns aspectos dessa obra máxima de António Gaudi clique
NESTELINK
.
Ópera Garnier ou Palais Garnier
.
A Opera de Paris, nome por que vulgarmente é conhecida Ópera Garnier ou Palais Garnier, foi iniciada a sua construção em 1861, sofrendo atrasos e paragens pelas mais variadas razões, sendo inaugurada sómente em 1875.
Com interiores ricamente ornamentados e decorados, com veludos, folheados a ouro e numerosas estatuetas.
O enorme candelabro central, está situado num tecto pintado por Marc Chagall, em substituição da pintura original.
É essa maravilha que poderemos ver
NESTE LINK
.
.


Á LAIA DE APRESENTAÇÃO
.
Depois de um pequeno acidente de saúde, publicamos um artigo de Mário Crespo, que gostaria de ter sido eu a escrever, se para tanto tivesse talento.O que ali está descrito, só peca por defeito.
Há algumas sentenças espantosas, como a do patrão dos patrões, Pedro Ferraz da Costa, quando afirma que Portugal é um “país pequeno de mais para tanta roubalheira”.
Penso que ao fazer alusão só ao BPN, está a esquecer o BCP, CGD, BPP, etc. e mais um infindável numero de etc’s.
Fala de António Preto, mas quando ouvi a entrevista que lhe deu Manuela Ferreira Leite, embora reconheça que tentou por três ou quatro vezes perceber o seu critério, para o manter nas listas do PSD, desistiu sem a resposta convincente.
Pelo menos a alusão que faz neste artigo, demonstra que é sua convicção, que a rapacidade dele no que respeita á recolha de fundos para o seu Partido, foi a razão essencial da sua inclusão.
Foi isso que percebi, porque mais do que estar subentendido, é o que claramente deixa transparecer.
Tenho alguma consideração pelo Mário Crespo, sabendo até alguma injusta perseguição que lhe foi feita, para correr com ele de correspondente da RTP1, nos Estados Unidos.
Parece-me uma “Avis rara” no nosso meio televisivo.
Creio que se continuar na sua exigência de rigor, brevemente será corrido, por ser uma voz e uma escrita incómoda.
É o tempo que vivemos!!!
Esperemos que o seu exemplo, sirva de lição!!!


.

.

.

.

A Taxa de Roubo
Artigo publicado no JN
.
Os técnicos do Instituto Nacional de Estatística têm que criar mais um índice.
.
A Taxa de Roubo.
.
Um indicador destes devia ser periodicamente elaborado e divulgado em conjunto com os níveis de desemprego, de inflação ou do Produto Interno Bruto. Com uma Taxa de Roubo incluída no conjunto das funções estatísticas que já compilamos, teríamos uma imagem muito mais clara do Estado da Nação.
Se houvesse Taxa de Roubo, os noticiários da semana passada, para além dos números do PIB e do Desemprego, teriam incluído que no primeiro trimestre a Taxa de Roubo em Portugal se tinha mantido entre as mais elevadas do mundo industrializado.
Os analistas podiam depois ir à TV para nos desagregar a Taxa de Roubo (TR) nos seus componentes mais expressivos, o NSP (Nível de Sonegação Pura), que inclui tudo o que seja trocas em dinheiro vivo em malas, e o GDC (Grau de Desfalque Contabilizável), que descrimina os montantes em "off-shore" e os activos já transformados (quintas, apartamentos, carros, barcos e acções não cotadas na Bolsa que valorizem mais de um centena de pontos em recompra).
Assim, ao sabermos que já temos mais de meio milhão de desempregados e que a economia nacional continua a soluçar em níveis anémicos, ficaríamos a saber também que o grau de gatunagem nacional continua intocado e que, apesar da crise, de facto, a nacional roubalheira subiu em termos homólogos quando comparada com trimestres passados.
Ficaríamos a saber que a volumetria do roubo em Portugal é das mais imponentes na Zona do Euro e que, contrariando o pessimismo de Pedro Ferraz da Costa quando disse ao Expresso que Portugal não tinha dimensão para se roubar tanto, há perspectivas para a Taxa de Roubo continuar crescer.
A insistência do Partido Socialista nos mega-projectos que, antes de começar já assinalam derrapagens indiciadoras de que a componente PPF (Pagamentos a Partidos e Figurões) vai crescer muito, é uma garantia de uma Taxa de Roubo que rivaliza com qualquer democracia africana ou sultanato levantino.
No PSD, a presença de candidatos com historial em posições elegíveis e em ternurenta proximidade com a líder, sugere que as boas práticas que têm sustentado a Taxa de Roubo vão continuar nos eventuais Ministérios de Ferreira Leite.
Neste ambiente de bagunça ideal, em que se juntam as possibilidades de grandes obras públicas com o frenesim eleitoral, os corretores podem mesmo, à semelhança do que se passa no mercado de capitais, criar valor com Futuros baseados nos potenciais de subida da Taxa de Roubo Portuguesa.
Por exemplo a inclusão de António Preto nas listas do PSD funciona como uma espécie de colateral de garantia de que os fluxos de dinheiros partidários continuam com todas as perspectivas de crescimento. Mudam as malas, mas continua tudo na mesma.
Pode-se pois criar à confiança um produto derivado colateralizado de alto rendimento e risco relativo, porque os dois grandes partidos obviamente confiam que a ingenuidade do eleitor português se mantenha.
Julgo que, tal como Ferraz da Costa, também Henrique Medina Carreira foi excessivamente prudente ao comparar o Portugal político a um "grande BPN".
Acho que com TGV, auto-estradas, Freeport e acções não cotadas da Sociedade Lusa de Negócios a render lucros de centena e meia de pontos, Portugal é uma “holding” de rapinagem que faz o que se passou no BPN parecer a contabilidade de uma igreja mórmon.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

NA HORA DA SOCRÁTICA DESPEDIDA

Estamos a entrar no período eleitoral.
As sequelas do governo do Partido Socialista, são terríveis.
Maiores dificuldades, mais e mais desemprego e sobretudo maior desigualdade.
A desigualdade nada tem a ver com a crise.
A desigualdade nasce de uma governação que não tem em atenção a desproporcionalidade dos problemas e sobre carregando a todos igualmente, reverte contra os mais fracos, o peso dessas medidas.
Teoricamente, dividir por todos igualmente o peso solução dos problemas económicos, resulta sempre que os mais pobres, são as principais vítimas, ao pagarem uma factura proporcionalmente maior.
É a velha história dos frangos. Se três indivíduos comerem três frangos, matematicamente a cada um, cabe comer um frango.
Mas se por acaso um comeu dois frangos, os outros dois só comem metade do frango.
Esta é o exemplo da política praticada por um Partido “dito socialista”, que só tem uma definição: é uma triste e escandalosa vergonha, fazer do socialismo, um mero acto de gestão caritativa..
Quando a justiça social é assim tripudiada, por um partido, que se aproveita da sua designação, para enganar os seus eleitores, só nos resta em alternativa, recusar continuar a fazê-lo.
Então em quem votar?
Hoje assisti a um programa na SIC Noticias, “Opinião Pública”, onde o convidado que deveria pronuncia-se tecnicamente sobre a justeza dos comentários que iam sendo feitos pelos telespectadores, dissertou sobre algumas anomalias do sistema de financiamento dos partidos, razão primeira desse programa, sem nunca se pronunciar sobre a única e verdadeira questão da tentativa de alteração dessa lei, felizmente chumbada pela Presidência da Republica, cujas secretas razões, vão para além do seu acrisolado anti-comunismo.
Bem tentei telefonar, para lhe chamar á atenção para esse absurdo e fazê-lo ouvir a voz da razão, mas os telefones ou estavam impedidos ou chamava, chamava e acabavam por desligar.
Para quem esteja por dentro dos meandros dessa lei, percebe facilmente que ela foi aprovada por todos os partidos...... mas um, particularmente, por razões de fundo muito diferentes!.
O Partido Comunista Português.

E..... como tem sido aproveitada a unanimidade dessa votação!!!
Não houve uma voz honesta, sem ser do Partido, que tenha esclarecido as razões que lhe estão subjacentes, ou as razões que "obrigaram" o Partido Comunista a votar favoravelmente aquela tendensiosa lei, embora sob protesto e que é uma verdadeira ignomínia do Partido Socialista.
Que diferença foi essa, que levou o PCP, embora estando em desacordo, ver-se obrigado a aceitar essas regras do jogo, com as quais estava em total desacordo.
A razão de fundo, é uma razão de sobrevivência.
Todos sabemos que os partidos precisam de verbas para as suas despesas.
O PCP, não foge á regra, embora o trabalho voluntário dos seus militantes e simpatizantes resolvam muitos dos problemas, que necessitam de mão de obra.
No entanto sempre é preciso ter funcionários a tempo inteiro e em dedicação exclusiva para satisfazer as permanentes necessidades da luta dos trabalhadores.
Essa a actividade que muito dinheiro consome ao PCP e é praticamente, uma das suas maiores fonte de despesa.
De onde vem o dinheiro para essa e outras despesas de funcionamento que um partido com as características que este tem: das quotizações, dos deputados, dos autarcas do partido e sobretudo das iniciativas onde se insere e sobressai a “Festa do Avante”, sua principal fonte desse tipo de receitas.
É evidente que todos os partidos estão interessados, no enfraquecimento do Partido Comunista, fundamentalmente porque este é o único que realmente faz frente e denuncia as enormidades de uma classe dominante, que vai praticando, na defesa dos seus interesses, as maiores falcatruas e desmandos.
Essa Lei foi um truque de engenharia financeira, feita á medida, para atingir uma das principais fontes de financiamento do Partido Comunista, a Festa do Avante, sendo toda ela imaginada e concebida no sentido de atingir e dificultar ou até impedir o seu funcionamento.
Então porque razão o PCP, votou igualmente essa Lei???
O Partido Socialista, o Partido Social democrata, ou ainda o seu complemento/residual CDS-PP, que se vai ligando ora a um, ora a outro (flutuando de acordo com as suas conveniências num dado momento), tem os seus financiamentos exclusivamente vindos de três fontes: do Estado, da quotização dos seus militantes, que quase não tem expressão e das ofertas que as empresas e outras entidades lhes fazem, na mira de obter os benefícios que adivinham trazer para os seus negócios, tão “altruísta generosidade”.
Como é evidente o PCP, jamais aceitaria receber dessas “caridosas” entidades, qualquer verba que cheirasse a corrupção.
Pensamos que a principal razão para que o CDS-PP ainda vai tendo desculpa, para saltitar consoante a música que é tocada pelo PS E PSD, se baseia no facto de, se não fosse assim, lá se iam as suas possibilidades de aparecer na televisão e restantes órgãos de informação, principal alimento e justificação da sua existência, para alem da beijoqueira actividade do seu líder, nas suas múltiplas visitas às feiras e mercados deste país.
No Partido Comunista Português, a subvenção do Estado, praticamente não existe, ou é ínfima, como é sabido.
Restam ao Partido Comunista três formas de receita, como mais acima foi referido: a que lhes advêm das próprias iniciativas, entre as quais a Festa do Avante, das quotizações dos seus militantes (sempre baixas e sacrificadas, dada a origem de classe que compõe a maioria dos seus militantes) e a que resulta da entrega que todos os seus militante fazem ao PARTIDO, (com letra grande), de todas as verbas que recebem pela prestação de serviços em nome do Partido Comunista Português e que exceda o que ganham nas respectivas profissões.
Estão nesta categoria incluídas todas as verbas recebidas, quer pelos deputados Europeus, ou á Assembleia da Republica quer pelos seus autarcas, no respeito da regra estatutária que define com rigor “NINGUÉM, AO SERVIÇO E EM NOME DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS, PODE BENEFICIAR OU SER PREJUDICADO, POR ESSE FACTO”.
Aí assenta que, por exemplo, o secretário-geral, Jerónimo de Sousa, tal como TODOS os funcionários políticos, só ganhem cerca de 750 Euros.
No seu caso, como no de todos os funcionários e militantes que são deputados, tudo o que ganham a mais que o referido ordenado, reverte para o partido, a coberto dessa particularmente nobre obrigação, convertendo essas verbas num montante assinalável, dado o número de deputados e autarcas do partido existentes.
É o sentido de missão, que preside a este critério e disso todos os militantes e simpatizantes se orgulham e regozijam.
Sendo então a Festa do Avante um das principais fontes de receita, torna-se evidente que todos os adversários do PCP; estão interessados em enfraquecê-lo, na medida em tornando o PCP mais fraco, mais fácil será combatê-lo.
Daí a unanimidade de votação do tão falado decreto, do financiamento dos partidos.
Então se não era do interesse do PCP, a letra e o conteúdo do decreto, porque votou a favor?
Esta aparente contradição explica-se facilmente, se percebermos que na engenharia financeira do articulado, se exige com alguma aparente justificação para obter transparência, que todas as verbas recebidas pelos partidos, seja acompanhada de um documento comprovativo dessa receita.
Acontece, que sendo essas receitas na Festa do Avante, constituídas por milhares ou milhões de pequeníssimas verbas (Cafés, gelados, cervejas, bolos etc., etc.), pagar com cheque ou cartão multibanco, é impraticável, como é óbvio.
É esta “engenharia”, que obriga, embora não estando de acordo, que levou o PCP, por razões de sobrevivência da Festa do Avante, a votar a favor da lei, deixando na declaração de voto, bem expresso o seu desacordo.
Entretanto o Partido Socialista, principal beneficiário dessa lei, aproveitando a embalagem e a situação, propõe aumentar desmesuradamente o nível de encargo do Estado, com o financiamento dos partidos (assemelhando-o, para o PS e PSD, ás receitas que os comunistas tem, com a Festa do Avante) ao mesmo tempo que chantageando artificiosamente o PCP, para no caso de este votar contra, dificultar definitivamente as possibilidades de o PCP continuar com a Festa do Avante.

De facto, dadas as regras burocráticas estabelecidas por essa lei, manhosamente “mais transparente”, eram tiradas ao seu principal e mais consequente opositor, as verbas que lhe são indispensáveis, para o prosseguimento dessa luta.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, quando legislou sobre a nova lei do financiamento dos partidos, que o Partido Comunista, pouco ou residualmente beneficiava das vantagens do seu articulado, no que diz respeito á subvenção do Estado.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, que estava a criar para si e o seu "aliado" o PPD-PSD, uma fonte de financiamento segura e perpétua, á custa dos contribuintes, independentemente de serem ou não seus apaniguados.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, que ao tornar impraticável o PCP respeitar a lei, com a natureza das medidas legisladas, só lhe restavam duas saídas: ou acabar com a Festa do Avante, ou actuar de forma ilegal, assumindo todas as consequências que tal procedimento dava origem.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, com as medidas impostas para controlo das receitas em dinheiro vivo dos partidos, matava dois coelhos de uma cajadada. Aumentava á custa do Estado, desmesuradamente as suas receitas e impedia o seu principal e mais consequente opositor, de verbas que lhe são indispensáveis, no prosseguimento da sua luta.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, que as medidas impostas pela nova lei, numa iniciativa com as características da Festa do Avante, era impossível de respeitar e a resultante do esforço e dedicação, voluntário, dos seus militantes e simpatizantes, esforço exemplar e único em qualquer parte do mundo, deixaria de ser tão espectacular e moralmente demolidor, em comparação com a militância socialista.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, com as medidas impostas nessa legislação, ao atingir tão profundamente o seu principal adversário, poderia calar, ou pelo menos diminuir, a voz exemplar desses militantes e simpatizantes, que todos os anos pelo seu exemplo, lembram ao Partido Socialista, que têm que se haver com essa corajosa força, que cresce de ano para ano.
Sabia perfeitamente o Partido Socialista, que essa crescente massa de esforçados trabalhadores, estão militantemente prontos, para lhe fazer frente e denunciar a sua politica de direita, ofensiva dos mais elementares princípios da equidade e de justiça e que esse enorme conjunto de homens e mulheres, dos mais esclarecidos e empenhados cidadãos, todos estão prontos a colaborar e ajudar, o único partido que defende, na realidade e na prática os seus reais e justos interesses.
Daí a necessidade de o travar!!!.
Daí a necessidade de enfraquecê-lo!!!
Daí a necessidade de o calar!!!.

NÃO CONSEGUIRÃO!!!
NA HORA DA DESPEDIDA
Foi baseado neste "power point", que um amigo me enviou e no que ouvi no programa da SIC Noticias, que senti necessidade de escrever o texto que antecede esta apresentação.
Daí a merecida critica que é feita ao PS.
Pena é ser insuficiente.
Daí ter sentido necessidade de desabafar no texto anterior.
Acho, no entanto o power point bastante divertido e vale a pena vê-lo.
PARA ISSO SIGA ESTA INSTRUCÇÕES

terça-feira, 18 de agosto de 2009


A ARQUITECTURA

E OS ARTISTAS “PINTA PAREDES”

Desde os mais antigos tempos, as pinturas murais como a das cavernas de Ajanta na Índia, algumas culturas pré-colombianas, passando pela tradição milenar da pintura mural praticada na dinastia Ming, na China, pela arte perfilada dos egípcios, no tempos faraónicos, até á superior tradição greco-romana.
Esta expressão artística, também foi muito usadas no Renascimento através das técnicas do afresco, utilizadas na pintura mural, reflectindo um elevado gosto artístico, na prática destas técnicas decorativas.
Picasso, Matisse e o próprio Miró, dedicaram á pintura mural, no século XX, muito do seu talento.
Actualmente, a pintura mural é imensamente vulgarizada pela arquitectura, para através dela disfarçar a monotonia das fachadas lisas, pintando nelas os mais variados temas, no sentido de dar a esses espaços linearmente vazios, algum relevo pictórico, que disfarce se enquadre no ambiente geral, como elemento decorativo.
Esta moderna utilização da arquitectura, para decorar fachadas e integrá-las artisticamente no meio ambiente está hoje bastante divulgada.
Um dos expoentes actuais, que se dedicam a essa arte, chama-se Eric Grohe.
Nascido em Nova Yorque em 1944, começou a desenhar no chão das ruas, hoje recupera fachadas de edifícios, com uma arte naturalista fantástica.
No power point que se segue mostramos alguns dos seus notáveis trabalhos

BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL (BDM)

IMPORTANTE - O ACESSO É GRATUITO


Esta biblioteca, foi criada pela UNESCO e tende a abarcar o património universal , tal como: Mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos.
Este é o primeiro projecto de envergadura mundial desenvolvido pela UNESCO e outras 32 instituições.
O seu coordenador, Abdelaziz Abid afirmou que a BDM não apresentará documentos correntes, mas "documentos de valor patrimonial, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo, em idiomas tais como: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português”. Mas existem em preparação documentos apresentados em mais de 50 idiomas". PARA TER


PARA TER ACESSO A ESTE SÍTIO CLIQUE AQUI

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

AS VANTAGENS DO CELIBATO

HOJE, É DIA DE RELAXAR E SORRIR P’RÁ VIDA

O “power point” que publicamos, é minha pequena contribuição optimista, para conseguir compensar a tragédia que é para a humanidade, o texto e o filme que publico hoje, imediatamente a seguir.

PARA QUE A MEMÓRIA NÃO ESQUEÇA.

COMO ENGANAR UMA NAÇÃO,

PARA A LEVAR PARA A GUERRA!!!.

Acabo de ver um pequeno filme, que mostra com imagens dos próprios serviços da Casa Branca, a dimensão da manipulação que foi levada a cabo por Bush e o seu governo, a propósito do Iraque e que terminou na desumana ocupação militar daquele país.
A evolução dos meios e processos utilizados pelo governo Norte-americano para tentar convencer o mundo, de que o Iraque era possuidor de armas de destruição maciça, é aqui recordado em pormenor, com recurso a imagens dos serviços oficiais.
É dramaticamente impressionante, ver com o governo americano tripudiou os factos, para declarar aquela injusta guerra, ao ponto de ir mesmo contra a opinião do Conselho de Segurança da ONU e vindo a causar tanta morte e destruição, num país que foi berço da civilização e cuja monumental e preciosa memória histórica, ficou execravelmente destruída.
Recordamos hoje horrorizados, quanta mentira, foi inventada e quanta indignidade foi cometida pela seita fascista do presidente Bush.
Que esta memória não se perca, é tarefa das gerações que têm assistido indignadas, a todo esta barbárie fascista.
É para corresponder a esse desiderato, que publicamos o extraordinário filme "LEADIN TO WAR" publicado no site “Resistir.info” , com legendagem em português (do Brasil) (414 MB, formato mov, necessita QuickTime para visionar).

domingo, 16 de agosto de 2009



PABLO NERUDA
"CONFESSO QUE VIVI"
MEMÓRIAS
.
.
É IRRESISTÍVEL REPRODUZIR ESTE MARAVILHOSO TEXTO O SOBRE OS COMUNISTAS , PUBLICADO NO BLOGUE "CHEIRA-ME A REVOLUÇÃO"

“ Passaram bastantes anos desde que ingressei no Partido…
Estou contente… Os Comunistas constituem uma boa família…Têm a pele curtida e o coração valoroso… Por todo o lado recebem pauladas… Pauladas exclusivamente para eles… Vivam os espiritistas, os monárquicos, os aberrantes, os criminosos de vários graus… Viva a filosofia com fumo mas sem esqueletos… viva o cão que ladra e que morde, vivam os astrólogos libidinosos, viva a pornografia, viva o cinismo, viva o camarão, viva toda a gente, menos os Comunistas…
Vivam os cintos de castidade, vivam os conservadores que não lavam os pés ideológicos há quinhentos anos… Vivam os piolhos das populações miseráveis, viva a força comum gratuita, viva o anarco-capitalismo, viva Rilke, viva André Gide com o seu coribantismo, viva o meticismo… Tudo está bem… Todos são heróicos… Todos os jornais devem publicar-se…
Todos devem publicar-se menos os Comunistas…
Todos os políticos devem entrar em São Domingos sem algemas… Todos devem festejar a morte do sanguinário Trujillo, menos os que mais duramente o combateram… Viva o Carnaval, os derradeiros dias do Carnaval… Há disfarces para todos… Disfarces de idealistas, cristãos, disfarces de extrema-esquerda, disfarces de damas beneficentes e de matronas caritativas, Mas cuidado, não deixem entrar os Comunistas… fechem bem a porta… Não se enganem… Não têm nenhum direito… Preocupemo-nos com o subjectivo, com a essência do homem … Com a essência da essência… Assim estaremos todos contentes… temos liberdade… Que grande é a liberdade!.. Eles não a respeitam, não a conhecem… A liberdade para se preocupar com a essência…Com a essência da essência…
Assim passaram os últimos anos… Passou o jazz, chegou o soul, naufragámos nos postulados da pintura abstracta, abalou-nos e matou-nos a guerra… Deste lado tudo continuava igual… Ou não continuava igual?… Depois de tantos discursos sobre o espírito e de tantas matracadas na cabeça, alguma coisa continuava mal… Muito mal… Os cálculos tinham falhado… os povos organizavam-se… prosseguiam as guerrilhas e as greves… Cuba e o Chile tornam-se independentes… Muitos homens e mulheres cantavam A Internacional… Que estranho… Que desconsolador… Agora Cantam-na em Chinês, em Búlgaro, em Espanhol da América… É preciso tomar medidas urgentes… É preciso proibi-lo… É preciso falar mais do espírito… Exaltar mais o mundo livre… É preciso falar e dar mais matracadas … É preciso dar mais dólares… Isto não pode continuar… Entre a liberdade das matracas e o medo de German Arciniegas… E agora Cuba… No nosso próprio hemisfério, na metade da nossa maçã, estes barbudos com a mesma canção… E para que nos serve Cristo?… De que maneira nos têm servido os padres?… Já não se pode confiar em ninguém… Nem nos próprios padres… Não vêem os nossos pontos de vista… Não vêem como baixaram as nossas acções na bolsa…

Entretanto trepam os homens pelo sistema solar… Ficam pegadas de sapatos na lua… Tudo se esforça para mudar, menos os velhos sistemas… A vida dos velhos sistemas nasceu de imensas teias de aranha medievais… teias de aranha mais duras que os ferros das máquinas… No entanto, há gente que acredita numa mudança, que praticou a mudança, que fez triunfar a mudança, que fez florescer a mudança…
Caramba!… A Primavera é inexorável! “
MAR PROFUNDO

Ontem publicamos um “power point”, cujo tema era o mar.
Mar, mares violentos, mares alterosos, mares encrespados, mares profundos
Mares profundos que ocultam belezas inenarráveis e mistérios da criação, tão pouco familiares aos nossos olhos, que metem medo, por vezes, apesar de insignificantes.
Formas estranhas, cores fascinantes, movimentos suaves e delicados.
Que mundo estranho, belo e apaixonante
Hoje, um mar de paz e tranquilidade, para poderem apreciar as belezas que lá se ocultam, das imensas profundezas á distância de um clique
AQUI

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

TEMPORAIS NO MAR ALTO

O “power point” de hoje aborda um tema, que não é muito vulgar fazer parte das nossas reflexões.
Refiro-me á vida do mar e aos seus perigos.
É normal, ir-se á praça para se comprar peixe fresco (quando se pode!!!) e não se reflectir sobre os inerentes sacrifícios, por que passam aqueles para quem pescar, é o seu ganha-pão.
Pão, muitas vezes “amassado pelo diabo” e que nem de longe nem de perto compensa monetariamente, quem vive desse sacrificado salário.
Para colher a maior parte do bolo, lá está normalmente no cais da atracagem o armador da embarcação ou seu mandatário e na Lota o “senhor intermediário” para conferir e arrecadar a maior parte do lucro, que aqueles sacrificados profissionais lhes proporcionam.
Não há profissão mais dura e assassina, que a do pescador.
As imagens que normalmente nos oferecem, é a de magníficos e gigantescos navios, com dezenas de andares por vezes, onde não faltam os divertimentos e requintados serviço de hotelaria.
Hoje já se oferecem cruzeiros em que a publicidade dá a garantia dos passageiros de não enjoarem, tal a qualidade e dimensão dos estabilizadores, que de uma forma geral os navios dedicados a cruzeiros, actualmente possuem.
Esta é de facto, para quem conhece o mar, publicidade enganosa, pois as forças da natureza, sobretudo no mar, tomam por vezes amplitudes verdadeiramente descomunais e totalmente incontroláveis pelos homens.
Se pensa que estou a exagerar, abra o “power point” que hoje lhe estou a oferecer, e imagine-se a navegar em qualquer um desses barcos.
Agora vá um pouco mais longe e pense, que ia com alguns desses mares que são mostrados na apresentação, não num cruzeiro, mas numa traineira de pesca, apanhar uns cabazes de sardinhas, que nem sequer lhe garantiam um mínimo de vida decente.
É a vida que está reservada aos pescadores, da Póvoa, de Peniche, de Aveiro, de Lisboa, de Sesimbra e de tantos outros lugares, arriscando a vida diariamente, perante a indiferença dos nossos poderes públicos, que só servem para lhes dificultar a sua sobrevivência, indiferentes ao seu esforço e sofrimento.

NÃO SE ESQUEÇA.....LIGUE O SOM
COM O SOM ALTO....ATÉ ARREPIA!!!.
UTILIZE O RATO, PARA MUDAR DE SLIDE

NESTE LINK
A MENTIRA COMO INSTRUMENTO

DE MANIPULAÇÃO DA OPINIÃO
PÚBLICA

É falso que o salário mensal na Administração Pública seja superior em 75% ao do sector privado como divulgaram os media

Num estudo do economista Eugénio Rosa, é denunciada mais uma mentira propagada pelo governo de Sócrates .
Nesse estudo, verifica-se facilmente que é falso o salário mensal da Administração Pública ser superior em 75%, ao do Sector Privado, tal como foi largamente difundido generalidade dos meios de informação.
Esse estudo constata ainda, que a diferença salarial entre a Administração Pública e o Sector Privado, se deve em primeiro lugar á percentagem de trabalhadores com ensino superior, ser cinco vezes maior no Sector Público que no Sector Privado.
Em segundo lugar a grande diferença de qualificações, entre o Sector Público e o Sector Privado
Em terceiro lugar, os salários para idênticas categorias profissionais, são muito inferiores no Sector Publico que no Sector Privado.
A gigantesca operação de manipulação da opinião pública, levada a cabo pela Agência Lusa , sobre esta matéria, repercutiu-se na maioria dos órgãos de comunicação social, tendo como base o “Boletim Económico-Verão 2009” do Banco de Portugal.
Afirmava-se que aquela publicação provava que: “os funcionários públicos auferem um salário mensal claramente acima dos seus congéneres do sector privado e o diferencial aumentou ao longo do tempo, passando de 50% em 1996 para quase 75% em 2005” .
Desta forma, ficava justificada a política deste governo contra os “privilegiados” da Administração Pública”.
Acontece que esta falsidade assenta em dados retirados do contexto do estudo do Banco de Portugal e que objectivamente servem para alimentar a perseguição deste governo aos funcionários públicos.
Outra consequência desta falsidade visa favorecer a campanha eleitoral do Partido Socialista e preparar psicologicamente a opinião pública, para a continuação da redução das condições de vida dos trabalhadores da função pública.
Já anteriormente o governo de Sócrates tinha contratado a firma CAPGEMINI, um das maiores empresas mundiais de serviços de consultoria, para fazer um “Estudo comparativo de Sistemas de Remuneração entre o Sector Publico e o Sector Privado”.
As conclusões desse estudo, que teve elevados custos, foram sonegadas ao conhecimento público, por desagradarem ao governo.
Nele se chegava á conclusão, que as remunerações dos trabalhadores da Administração Publica eram em resumo, cerca de 30% em média, mais baixas que no sector privado.
A diferença de valores, assentava essencialmente em se estar a comparar coisas diferentes e sobretudo níveis de escolaridade diferentes.
De facto 50% dos trabalhadores da Administração Publica tem formação superior, enquanto no Sector Privado esse valor fica-se pelos 10%.
Esta uma das principais razões que fundamenta a manipulação a que estes dados do Banco de Portugal fora sujeitos.
Para ter acesso ao profundo estudo que o economista Eugénio Rosa fez do assunto, basta
FOTOS MARAVILHOSAS DE ANIMAIS

Hoje vão ter ocasião de observar, uma fantástica colecção de fotos de animais.
Não há necessidade de utilizar o rato.
A passagem de slides é automática
É possível, que neste ou naquele momento lhe apeteça clicar, para passar mais depressa.
Não o faça, por favor. Valorize a beleza do que está a assistir!!!
Avalie serenamente os pormenores e a beleza intrínseca de cada animal, sem deixar de apreciar igualmente a categoria do fotógrafo que a fez.
Experimente também a colocar o som um pouco alto.
Serve para o ambientar e valorizar a sua apreciação.
É um convite a meditar sobre o mundo que nos rodeia e beleza quase inenarrável de coisas que não estamos habituados a valorizar.
Que pena haver tanta gente que não sabe valorizar a glória que é a vida, nos seus aspectos ecológicos, sociais, artísticos, fraternos ou somente solidários.
Que pena!!!!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

MEDINA CARREIRA, NA SIC-NOTÍCIAS


PORTUGAL É UM GRANDE CASO BPN
Medina Carreira, no programa “Negócios da Semana” fala, fala, fala…….. e diz “quase” tudo!!!!
Ouço sempre com muita atenção o que diz Medina Carreira, e do ponto de vista crítico, estou de acordo com quase (este quase, é residual) “tudo” o que tenho ouvido ele dizer.
Tenho mesmo o profundo gozo, de ouvir da sua boca, técnico de reconhecido prestígio, verdades que me parecem evidentes, ditas de uma forma tão acutilante, que se fossem ditas por um economista do PCP, soariam a uma provocação de radicalismo e seriam imediatamente utilizadas como arma de arremesso contra o Partido Comunista.
Salvaguardo porem, lastimar que Medina Carreira, nas suas críticas ferozes que sistematicamente faz a todos os partidos não esclareça claramente, porque de uma forma geral exclui delas o PCP, embora de forma subtil, ou por vezes ameniza a sua conotação, deixando no limbo as posições deste partido, que ele conhece perfeitamente, sobretudo nas situações em que claramente o PCP tem exactamente a mesma posição, ou o mesmo conceito.
Há alguma desonestidade intelectual nesta omissão, até porque por vezes, a coincidência é tão evidente, que bastaria ele citar o Partido e atribuir-lhe a paternidade da solução, ou do conceito, para evitar ter de se alongar, na formulação da solução que apadrinha.
É por tudo isto e com a mesma coragem com que denuncia os escândalos dos políticos portugueses, que gostaria de o ver como responderia á seguinte pergunta:
Conhecendo bem as posições do PCP , como tenho a certeza que conhece e não tendo a mínima dúvida quanto á razão de fundo e até de pormenor de certos problemas que equaciona com tanta convicção e veemência, porque não afirma publicamente essa identidade de pontos de vista???
É desonestidade intelectual ou tem receio de ser acusado de comunista???
O seu anti-comunismo é tão evidente, que não deve ser esse o seu problema!!!
A razão disso, deve estar na “massa” do sangue, que é como quem diz, o que justifica na actualidade, a natureza da luta de classes.
Ele sabe perfeitamente que só o Partido Comunista Português, tem soluções na área da economia e da fiscalidade, que correspondem a múltiplos problemas que tem denunciado publicamente.
As soluções….. que não dá, inserem-se objectivamente, nesses seus pruridos de classe.
Eu desconfio que o Dr. Medina Carreira, tem na sua árvore genealógica um qualquer Frei Tomás, agora em versão actualizada e falada em português de Portugal: “Faz o que eu digo, e não faças o que o PCP diz para fazer, porque como na generalidade é quase o mesmo, se descobrem, dizem que és comunista, e nunca mais podes ir á televisão” .
Sabe ele muitíssimo bem, que uma das regras mais nobre, seguida por todos os funcionários do Partido e seus militantes, que autentica o seu sentido de missão, nos sacrifícios e dedicação á causa pública, se traduz na consigna “Ninguém pode ser beneficiado ou prejudicado ao serviço do Partido Comunista Português".
Da expressão concreta e significativa desta norma , resulta por exemplo, que o seu secretário-geral, Jerónimo de Sousa, ganhe apenas 750 Euros, correspondente ao ordenado de operário (sua profissão de origem) e devolva ao Partido tudo quanto ganha a mais, quer como deputado ou em qualquer outra actividade , feita em nome do Partido Comunista Português.
É evidente que Medina Carreira sabe isto e tinha a obrigação moral de fazer referência a esta virtuosa excepção, quando tece com toda a razão
“duras críticas aos partidos e às listas dos candidatos aos órgãos políticos, considerando que quem entra para a política é para tratar de negócios” .
Ele sabe bem, tenho a certeza, que com o Partido Comunista Português no poder, não teria ocasião de afirmar:
"O Portugal de hoje é um grande caso BPN. Dinheiro recebido que circula, dinheiro vivo. Gente que nós conhecíamos que eram os pobrezinhos e agora são multi-milionários, têm empresas que fazem negócio com o Estado, empresas que querem que o Estado faça estas grandes auto-estradas que vão encravar o país".
Seria igualmente impossível afirmar do PCP o que diz do PS, quando afirma :
" tomou conta do orçamento, para empregar os primos, os tios, fazer negócio de auto-estradas e outras coisas do género".
Ou como generaliza ao PS,PSD, ( e se houvesse remota hipotese poderia envolver tambem o CDS e quiçá do Bloco de Esquerda )
"sempre que em Portugal um partido tem maioria absoluta, os deputados ficam reduzidas a zero. Se tem maioria relativa, há estas contendas brutais em que o PSD está metido porque sabem que sem irem para o Governo não têm lugares para tratar da vida e dos negócios. E, portanto, digladiam-se para ver se têm acesso àqueles lugarezitos que restam". "Isto é a vida partidária".
Para comprovar a razoabilidade destas afirmações, coloco no lado direito deste Blogue, os cinco vídeos dessa entrevista.
Eles deram azo a estes comentários, onde se prova por razões óbvias, que há vantagens, ele não estar sequer próximo, do Partido Comunista Português.
Caso contário......nem pio!!!!
Só achamos que ele, por dever de honestidade, devia “dar o seu ao seu dono”.
É um bolo sem cereja no cimo!!!!
MARAVILHAS DA ASTRONOMIA

No passado dia 10, iniciámos a publicação diária de um power point.
Essa apresentação, inteiramente dedicada ao “Space Shuttle”, mostrou-nos também, alguns aspectos da terra lindíssimos.
Hoje vamos um pouco (??????) mais longe!!!
Numa viagem alucinante pelo espaço, com a ajuda do telescópio “Hubble”, vamos ter ocasião, com um pouco de imaginação, vogarmos pelos espaços siderais, embora ligados á terra por esta benfazeja e abençoada força da gravidade.
Boa viagem!!!!


NESTE LINK


FUNDAÇÃO PARA A COMPUTAÇÃO

CIENTÍFICA NACIONAL (FCCN)

Esta instituição, apoiada por outras instituições de renome, dedica-se a publicar vídeos de carácter científico, artístico ou educativo, abrangendo as seguintes áreas:
Artes e Humanidades, Ciências em Geral, Ciências Sociais, Engenharias eTecnologias.
Como instrumento de cultura, embora um pouco elitista, tem a virtude de ser um meio de aprendizagem que facilita o conhecimento através do instrumento visual que é o vídeo, recurso que constitui por si só, uma forma de facilitar a apreensão das matérias em estudo.
De funcionamento muito simples, basta clicar em “Conteúdos” e escolher a “Categoria” que lhe interessa.
Tal como no “Youtube”, pode-se publicar vídeos próprios desde que estejam integrados nas regras que regem este serviço.
Pode-se usufruir da modalidade”RSS”, isto é ser avisado, sempre que haja novas publicações.
O registo é livre, mas necessário para poder votar ou comentar os vídeos publicados
.

PARA TER ACESSO AO SÍTIO CLIQUE AQUI

terça-feira, 11 de agosto de 2009

CONHECIDO COMO

O ARTISTA DO EFÉMERO


É MENOS EFÉMERO, QUE CERTOS ARTISTAS BEM FALANTES,
AI É.....É!!!


E PARECE QUE EM BREVE VIRÁ A LISBOA!

CARLOS DO CARMO

MANDATÁRIO DE ANTÓNIO COSTA

LI NOS JORNAIS DE HOJE:
“Carlos do Carmo vai ser mandatário da candidatura do António Costa à Câmara de Lisboa.
Em declarações à agência Lusa, o fadista disse que aceitou o convite por considerar que o candidato socialista é uma «pessoa séria» que lhe merece «confiança» e «consideração»”.

Carlos do Carmo, quis ser mandatário da «pessoa séria» António Costa?
Um homem que sempre foi considerado próximo do PCP, embora não militante, empenhar-se tanto na candidatura do António Costa, até ao ponto de vestir a pele de seu mandatário?
Que mistério será este?
Carlos do Carmo quis ser mandatário da «pessoa séria» António Costa.
Ruben de Carvalho, militante comunista, cabeça de lista da CDU, não é uma “pessoa séria”???
Carlos do Carmo acha que António Costa é uma pessoa que lhe merece

“confiança”.
Ruben de Carvalho não merece “confiança” a Carlos do Carmo???
Carlos do Carmo presa muito António Costa, por lhe merecer “consideração”
Ruben de Carvalho não merece a “consideração” de Carlos do Carmo???
Carlos do Carmo “lembra algumas falhas na capital, como por exemplo a necessidade de outro trabalho para a cultura em Lisboa”.
Ruben de Carvalho não terá uma estatura intelectual e um trajectória no campo da cultura, que faz dele figura maior deste “Portugal cultural pequenino”, com obra feita e de dimensão inigualável???
Repudio os seus inaceitáveis e falaciosos argumentos.
Posso aceitar, embora muitíssimo incomodado que José Saramago, apoie António Costa, porque está muito velho, debilitado, e a Casa dos Bicos é uma injecção de “vanitas/vanitatis”, irresistível.
Posso até aceitar que Carlos do Carmo, apoie António Costa, por o PCP ter eventualmente exagerado sempre a grande “confiança” e “consideração” que tinha por ele!!!.
Nós no Partido procedemos sempre assim, até prova em contrário!!!.
Mas os argumentos com que tentou justificar a sua preferência, soam a falso.
E em termos de comparação qualitativos são de uma grande hipocrisia, para não dizer pior, dado que sendo Carlos do Carmo um homem da Cultura, sabe bem que Ruben de Carvalho é nessa qualidade uma pérola preciosa, neste reino de mediocridades.
Espero que percebam que me estou a referir exclusivamente a matérias que serviu de argumento a Carlos do Carmo, para aceitar o cargo de mandatário e que justifica a minha surpresa e a necessidade eliminar a imagem que tinha dele, como homem lúcido, honesto, e por vezes, no linguajar, mais comunista do que eu.
Percebi pelas suas palavras, que nos queria convencer que a sua opção era filha do seu grande empenho na melhoria das condições de vida, na sua cidade!
Não pretendo ser psicólogo, mas percebi á légua, que ele estava a falazar para a mesma plateia, que lhe tem ouvido sempre expressar-se com palavras bonitas e termos justos, sobre os grandes problemas sociais, numa clara cumplicidade e visão de esquerda, bem longe dos actos praticados pelo Partido Socialista.
É por isso que estou estupefacto!!!.
Questionado sobre se ainda se revia no PCP, que assumiu uma candidatura à autarquia no âmbito da CDU, Carlos do Carmo disse não compreender a pergunta e afirmou: «Revejo-me na candidatura do doutor António Costa”
Que terá feito ou não feito o PCP, além de não aceitar colaborar com a gestão desregrada das anteriores vereações da Câmara Municipal de Lisboa que levasse o desiludido fadista a mudar de trincheira, para defender agora, aquilo que a conivente lista de que será mandatário, está agora a querer sacudira a água do capote!!!
Contrariamente ás posições então assumidas pelo PS, que agora utiliza esse argumento para denegrir Santana Lopes, o PCP sempre defendeu aquilo que deveria levar o acrisolado amor de Carlos do Carmo pela cidade a “ficar radiante e a desfazer-se em agradecimentos”.
Não dá para entender!!!.
Ou então o que entendo é tão feio, que nem vale a pena pensar mais nisso.
É o que vou fazer!
Carlos do Carmo que conheci, já era!!
Êle há cada um!!!


segunda-feira, 10 de agosto de 2009

UMA NOVA INICIATIVA DESTE BLOGUE

A PARTIR DE HOJE VAMOS PROCURAR PUBLICAR
TODOS OS DIAS UM POWER POINT.

O power point é uma técnica de apresentação informática, com um potencial artístico e cultural que se torna apaixonante.
Permite na área do conhecimento, desenvolvimentos tão facilmente assimiláveis, que transformam esta modalidade, num potencial meio de apreender matérias, de maneira surpreendentemente fácil e por vezes encantatória.
Sendo uma forma virtual, não rouba capacidade á imaginação de poder viajar, visitar lugares por vezes inacessíveis, observar obras de arte, com uma adequada informação que enriquece a nossa maneira de ver as coisas, ouvir e ver uma peça musical com alguns dos seus componentes tornados visíveis e facilmente compreensíveis.
Por vezes, em consequência do tema em que se baseia a apresentação, pode-se variar de uma boa risada com a ilustração de uma boa piada ou esbugalhar os olhos perante alguns fenómenos quase mágicos da natureza ou da vida do ser humano.
É infinito e fascinante o mundo que esta modalidade informática nos proporciona.
Temos esperança de lhes proporcionar muitos e belos power points .
Que este objectivo se concretize, é o nosso desejo e a nossa esperança.
Não podíamos começar melhor, do que demonstra a capacidade infinita do homem, no campo do progresso científico.
Deixamos a mensagem, que é o nosso mais profundo desejo, que a justiça social, ovelha preta da nossa civilização, possa em breve atingir o mesmo progresso, que o ramo científico alcançou, para honra e glória da inteligência, com que a Natureza privilegiou o homem.


ENTÃO PARA COMEÇAR CLIQUE NESTE LINK





ESTÁ TUDO DOIDO!!!

EU JURO QUE NÃO ESTOU A INVENTAR!!! “VENDO-A” EXACTAMENTE COMO A “COMPREI”.

ENQUANTO ESTA É DE MORRER A RIR, A QUE PUBLIQUEI ONTEM É DE CHORAR A SÉRIO!!!

NESTE LINK

sábado, 8 de agosto de 2009

ISTO É SÓ CAPITALISMO SELVAGEM?

COMPRE UMA “PICKUP” E GANHE UMA ARMA
AUTOMÁTICA AK-47, INTEIRAMENTE GRÁTIS.










O cliente que comprar uma carrinha pickup nova, na firma americana MAX MOTORS, em Butler, estado americano de Kansas, tem como bónus uma automática AK-47, arma actualmente preferida pelos gangsters americano.
O SLOGAN DA EMPRESA É:
“ARMAS, DEUS, CORAGEM E PICKUPS AMERICANAS”
O dono da loja Mark Muller diz-se um apaixonado pelo "American way of life" e declara que a promoção é uma forma inofensiva de promover as vendas e acrescenta:
“TEMOS QUE NOS PROTEGER.HÁ UM MONTE DE VERMES LÁ FORA E NÃO SE PROTEGER É UM ACTO IRRESPONSÁVEL”.
Depois disto e de se ver o filme do Michel Moore, sobre a proliferação de armas nos Estados Unidos da América, haverá alguém que se admire que é esta celebrada "American way of life" , está na génese da quantidade de indivíduos que matam inocentes, nas escolas, super-mercados, hospitais etc.., etc.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A NOVA CP
UM EXEMPLO DA FACE DO NEO-LIBERALISMO
CONSAGRADO NO TRATADO DE LISBOA
Excerto de um artigo do jornalista Henrique Custódio
“Em termos de efectivos globais, desde 1992 até 2008 o número de trabalhadores diminuiu 10.218 em todas as áreas, à excepção do núcleo dirigente, onde houve um aumento de 11 gestores e 502 quadros superiores.
Daqui resultou que a relação trabalhador/quadro superior, que em 1992 era de 35 para 1, passou em 2008 a ser de 9 para 1...
O SNTSF não hesita em assinalar que, na actual CP semi-privatizada e desmembrada, «reduz-se na área da produção para dar lugar, em muitos casos, aos “boys” dos diversos governos».
Quanto às despesas com pessoal, as assimetrias tornaram-se também abissais: entre 1992 e 2008 os custos com gestores cresceram 110%, enquanto com os restantes trabalhadores (onde se incluem os quadros superiores) cresceram apenas 23%. “
«Por isso as assimetrias se acentuam e os trabalhadores vêem as injustiças a crescer», frisa o Sindicato.”

PARA LER O ARTIGO NA TOTALIDADE CLIQUE AQUI
.







“É UMA ESPÉCIE DE” VIGARICE!!!

MAIS DO QUE UM ALERTA, UM ESCLARECIMENTO!!!


“IS”ALTANDO IMORAIS

ISALTINO DE MORAIS

Há situações neste país, que fazem perceber quanto nos falta, para ser ou pelo menos parecer um país civilizado.
Elas reflectem á saciedade, a necessidade que temos de dar urgentemente, um grande pulo civilizacional.
O caso do autarca Isaltino de Morais é um caso ridículo, mas exemplar:
É Portugal no seu melhor!!!.
- Quando as suspeitas das vigarices deste mafiosíssimo português foram tornadas públicas, ai “cadelrei”, que mais isto e mais aquilo, ele nem sequer é arguido em nada!!!.
- Quando foi tornado arguido, ai “cadelrei”, que ser arguido não é ser culpado, etc. e tal!!!
- Agora que foi julgado e condenado a sete anos, ai ”cadelrei”, que ainda vai recorrer, patati, patatá!!!
- Daqui a sete, dez ou mais anos, ao vê-lo entrar na cadeia, ai "cadelrei” que é uma injustiça!!!, que pena!!!, que bom autarca que ele era!!!!, que falta que faz!!!, não há outro como ele!!!! Oeiras nunca mais vai ser a mesma!!!,
Até já há quem o defenda argumentando de que são todos assim!!!!
Este comentário vem igualmente publicado no referido jornal I:
CARLOS MANUEL FERNANDES - "Experimente vir morar no Concelho de Oeiras e vai perceber o que é uma gestão autárquica de primeira categoria.
O Dr. Isaltino tinha um sobrinho... É efectivamente pena, mas gostava de ver qual dos outros Presidentes de Câmara irá atirar a 1ª pedra! Não vá em notícias e em blogues. Passe cá uma ou duas semanas e depois falamos"
Não fora ter lido estes disparatados argumentos, na voragem das torcidas consciências que o desculpam e exaltam, talvez tivesse ficado insensível.
Mas pensar quanta dignidade e amor ao serviço público, têm demonstrado os autarcas do Partido Comunista, aceitar em silêncio este desaforo, era ficar de mal com a minha consciência.

Pode a minha humilde voz, não chegar muito longe, mas fica a certeza que não me calo perante a enormidade de tamanha injustiça.
É com conhecimento de causa, que desafio o energúmeno ou energúmenos que fazem semelhante afirmações e todos aqueles que se riem á socapa por haver quem publicamente e irresponsavelmente faça este trabalho sujo, de levantar semelhantes calúnias.
Não há único autarca do PCP, que tenha sido condenado por uma qualquer desonestidade, no exercício das suas funções autárquicas.
Acusar falsamente, com o único objectivo de denegrir politicamente os comunistas, sempre houve, há e continuará a haver, enquanto o anti-comunismo primário continuar a grassar neste pobre, ignorante e infeliz país.
É o que aconteceu e acontece desde 1975, independentemente da enorme quantidade de autarquias que são e foram, dirigida por comunistas.
Podem rir-se alguns idiotas anti-comunistas, que hoje pulam de contentes por poderem continuar a saquear este país a seu belo prazer.
Desafio quem quer que seja, que prove ter havido algum, repito “algum”, autarca eleito pelo Partido Comunista Português, que se provasse ter cometido um acto desonesto na administração de uma qualquer autarquia, desde a mais simples freguesia á mais importante Câmara Municipal, onde o Partido tivesse responsabilidades.
Acusados, houve alguns, mas pura e simplesmente, para denegrir politicamente os comunistas.
Provar que tivesse havido qualquer desonestidade, é outra conversa!!!.
Se isto não fosse verdade, se eu não tivesse a certeza absoluta de experiência feita, que esta é uma afirmação absoluta e comprovadamente verdadeira, todo o orgulho que sinto pelo trabalho e desempenho dos meus camaradas e autarcas, não faria o mínimo sentido.
É com esta certeza que me permito denunciar o ridículo de alguns testemunhos de gente dita “importante”, que deixo ao vosso critério.
É necessário, é urgente, que os portugueses acordem e percebam como e por quem, estão a ser enganados, para que se possa alterar o rumo deste país.
Neste caso específico, colocar os olhos no PCP, no seu exemplo e na dedicação dos seus autarcas e militantes á causa pública, será o sinal mais simbólico, de que ainda há esperança de que é possível alterar a situação..
Agora continuemos a ler mais algumas incongruências, que vieram publicadas no jornal I, no passado dia 6 de Agosto .
“As actrizes Eunice Muñoz e Rita Salema, o apresentador de televisão José Figueiras e o capitão de Abril Otelo Saraiva de Carvalho não duvidam, nem por um segundo, que vão votar no actual presidente da Câmara de Oeiras”.
JOSÉ FIGUEIRAS : "Isaltino é um dinossauro camarário.
OTELO SARAIVA DE CARVALHO, residente em Oeiras há 36 anos, também não hesita: "Enquanto homem desconheço. Enquanto autarca, Isaltino Morais tem o meu voto sempre.
EUNICE MUÑOZ- que deu o nome a um teatro da cidade - é a primeira a invocar a cultura como marca do autarca. A actriz, que já apoiou Santana Lopes, põe a política à frente da justiça e apoia a candidatura de Isaltino
Já o apoiei antes e continuo a dizer que, se ele se candidatar, voto nele."
RITA SALEMA sempre votou em Isaltino Morais
"O arguido não denotou possuir consciência crítica do desvalor da sua conduta, antes desresponsabilizando-se da mesma e escudando-se na "filosofia" de que "não paguei porque ninguém paga".
ISABEL MEIRELLES candidata social-democrata à Câmara de Oeiras, considera que a questão do julgamento e dos crimes pelos quais Isaltino Morais foi hoje condenado "não devem ser matéria para o atacar politicamente".
FRANCISCO LOUÇÃ defendeu hoje que até “à decisão de trânsito em julgado” Isaltino Morais tem condições para continuar como candidato autárquico.
Ora aqui está uma questão interessante, digo eu, se Louçã economista, quer confirmar que também sabe umas coisas de Direito, imitar o La Palisse não resulta, mas tudo bem!!!!
“Questionado sobre se os partidos podem integrar pessoas que estão a ser alvo de processos judiciais, Louçã considerou que “são decisões de cada partido” e sobre o caso de Isaltino Morais, candidato autárquico em Oeiras na segunda-feira condenado a sete anos de prisão em primeira instância, o bloquista afirmou que “até à decisão de trânsito em julgado” tem condições para continuar na corrida à câmara.”
É evidente que estas opiniões, para além do mais, refletem também e não só, o facto essencial de Oeiras ter o mais elevado rendimento médio mensal do país (1425,60 euros) de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística.
Do outro lado estão alguns populares desconhecidos, que refletem igualmente nesse jornal, o outro lado da nossa realidade, como por exemplo:
FRANCISCO M. MIRANDA -
O Zé povinho se rouba para matar a fome está tramado mas os tubarões nunca pagam nada do que roubam nem será preso. Estamos bem entregues!!
Esta vergonha revolta-me. Será que também temos os actores, artistas, e militares que merecemos?
A C -
Só posso lamentar que tais figuras escorem os malfeitores. É também por isso que os alcapones, berluscones e outros foragidos foram e são eleitos.
ANA RODRIGUES -
Que o Sr. tenha feito um bom trabalho em Oeiras não poderei comentar porque não acompanho de perto. Mas daí a chamar-lhe Autarca Perfeito vai um longo caminho. Penso que os modelos de perfeição estão um pouco desadequados para quem apanha sete anos de prisão. Só espero que os restantes autarcas do nosso país, alguns com muita obra feita, não sigam este modelo de perfeição... Uma vergonha...
É com aquela indignada vergonha que eu assino por baixo
Para terminar, relembrar o que acabo de ouvir Jerónimo de Sousa na RTP 1, na entrevista dada a Judite de Sousa, quando esta lhe perguntou quanto ganhava como deputado, respondeu 700 ou 750 Euros, equivalente ao seu ordenado de operário.
O que lhe pagam acima deste valor, vai integralmente para o Partido devido á norma seguida no Partido Comunista Português de que quem representa este Partido, não pode ser beneficiado ou prejudicado por esse facto.
Gostava de ver um político de qualquer outro partido, poder dizer o mesmo!!!
Esta é a diferença entre quem está na politica para servir e quem está na política para se servir.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009


ACTO DE CONTRIÇÃO

CARTA ABERTA A ALGUEM QUE ABANDONOU O PCP, PARA ENTRAR NAS LISTAS DO PS, "DISFARÇADO" DE “INDEPENDENTE”.

NO PASSADO DIA 30 DE JULHO, SOB ESTE TÍTULO E SUB-TÍTULO COLOQUEI UM TEXTO QUE EXIGE ESTA EXPLICAÇÃO

No dia 30 de Julho passado, coloquei neste Blogue, a cópia de uma carta aberta que escrevi a um amigo e camarada, a propósito de ter sido informado, que ele fazia parte das listas do Partido Socialista às próximas eleições autárquicas.
Enviei-lhe directamente uma cópia, no sentido de garantir que ele teria conhecimento dela, embora á partida soubesse que era um visitante normal do Blogue.
Assentava esse texto, no facto de ter sido informado por uma fonte que tinha por fidedigna, que esse meu amigo que ainda considerava militante do PCP, tinha aceitado fazer parte das listas do PS.
A resposta desse meu amigo, não se fez esperar e aproveitou para me informar que tinha deixado de ser militante do PCP há cerca de 4 anos, esclarecendo-me gentilmente as razões porque o tinha feito, repudiando contudo indignadamente, a hipótese de fazer parte de qualquer listas do PS ou de qualquer outro partido, como me tinham informado.
Explicou-me que a confusão deve ter sido eventualmente originada pelo facto de ter feito uma intervenção em defesa do Serviço Nacional de Saúde, a pedido da actual ministra da saúde, que é sua amiga há muitos anos e colega do seu sindicato.
Esse texto, que fez o favor de me enviar, foi feito na qualidade de militante sindical.
Depois de o ler, não posso deixar de dizer que considero o seu conteúdo extremamente correcto e totalmente de acordo com o entendimento que penso ter o Partido Comunista Português sobre o essencial do Serviço Nacional de Saúde, embora eu não seja um especialista na matéria.
Teve ainda a gentileza de me explicar longamente, as razões porque já não era militante do PCP há alguns anos, e garantiu-me que a partir de então, só se tinha dedicado á actividade política no seu sindicato de sempre.
A esta mensagem, que me deixou mais tranquilo, respondi com um novo e-mail, lastimando o acontecimento e lembrava que um colectivo tão grande como é o Partido, onde se discute todos os assuntos com toda a profundidade necessária, sempre haverá pontos de vista diferentes.
Não posso deixar de reconhecer que objectivamente neste caso, conforme me foi relatado, foram atingidos limites impensáveis, entre camaradas.
Acredito, que independentemente da boa vontade de uns tantos, ainda há alguns que sofrem de uma arrogância intelectual, que vai causando feridas dolorosas, sem que a evolução da situação política permita colocá-los á prova, nas suas opções de classe e sobretudo nas suas determinantes qualidades humanas.
Mas o facto de por vezes o nosso entendimento ser diferenciado e segundo a nossa consciência estamos a defender o ponto de vista mais correcto, não significa que impúnhamos a nossa versão, sejam quais forem as circunstâncias.
A qualidade e dimensão da nossa luta assim o exigem.
Democraticamente temos a obrigação de aceitar outros pontos de vista, que por sua vez sendo maioritários, devem ser adoptado por cada um, como se seu fosse.
Gostaria que neste caso assim tivesse acontecido, mas pelos vistos atingiram-se limites, dificilmente aceitáveis.
Mas repito, não é assim que entendo, as discussões no seio do Partido e foi deste modo que lhe transmiti o meu ponto de vista.
Disse ainda no texto que lhe enviei:

“Não me arrependo, nem nunca me arrependi, do esforço que muitas vezes fui obrigado a fazer, quer pelas razões que eventualmente julgava ter e não me era dada, quer pela incompreensão reiterada dos meus pontos de vista, ou até por defeituoso entendimento das minhas fragilidades.


A grandeza, perenidade e a dialéctica do projecto assim o exige.

Não podemos desligar os nossos problemas, das gigantescas dificuldades com que nos debatemos, da dimensão do nosso inimigo, qualidade e sobretudo das suas incomparáveis capacidades, em paralelo com as nossas debilidades.
É necessário colocar acima de tudo, a devoção ao projecto de vida que está na finalidade última do Partido, com a certeza que não há razão por mais forte que seja, que possa sobreviver á falta de razão dos outros.
Como é muito novo, o meu amigo, ainda terá tempo de constatar que é mesmo assim e lá o encontrarão de certeza na primeira linha do combate.
A não ser assim, estava tudo errado e a tal dialéctica era afinal uma batata!
A grande vantagem da minha idade, é saber que as armas e os meios de que o sistema capitalista se serve são tão eficazes, no actual nível de evolução da sociedade, que os mais denudados militantes comunistas e até os idealistas sinceros, se não tiverem forças para resistir… são trucidados!
Pelo que percebi, não foi o que aconteceu com ele, felizmente.
O tempo e a evolução política, se encarregarão de corrigir estes aspectos da questão.
Quando os verdadeiramente bons se perdem, o prejuízo é potenciado.
É o que sinceramente penso, ter acontecido com ele.
Termino, mantendo a parte final da mensagem.
Penso sinceramente que aquela carta aberta serve a muito boa gente que abandonou o PCP, até por razões muito menos nobres, para não dizer cobardes e oportunistas, mas o texto do Blogue, vou mantê-lo, até porque infelizmente a carapuça ainda vai servindo….infelizmente.
Só lastimo que quem vai desistindo da luta, por qualquer “boa razão”, não entenda que esta luta é de todos aqueles que percebem, que o progresso da humanidade só se faz connosco.
O resto é teoria!!!.