Mensagem

Mensagem

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A EXPLORAÇÃO DA JUVENTUDE
PRIMEIRO PASSO PARA EXPLORAÇÃO DOS ADULTOS

Porque o texto que publicamos a seguir, fala da iliteracia do povo português, e dos jovens em particular, pareceu-nos oportuno publicar este “power point”.
É uma sequência de imagens, elucidativa do nível a que pode chegar a exploração do trabalho infantil.
Que estas imagens sirvam para tocar a consciência das pessoas.
Se a situação político-económica continuar a degradar-se, como parece ser essa a vontade das classes dominantes e nós trabalhadores não formos á luta e consequentemente não alterarmos a presente correlação de forças, a situação do futuro próximo, não será certamente muito diferente da que esta apresentação retrata.
A única diferença, é que no lugar daqueles jovens, estarão os nossos filhos e os nossos netos.
AS TREVAS DA IGNORÂNCIA

Dizem os cientistas que rir faz bem á saúde, e nós achamos que estão cheios de razão.
Num tempo em que pouco há que nos faça rir, em que até o Serviço Nacional de Saúde anda pelas ruas da amargura, temos de procurar todo e qualquer pretexto, para evitar de recorrer áqueles serviços.

Gozar com a iliteracia generalizada do povo português, é um lugar-comum, embora bastante doloroso para nós.
Enquanto o obscurantismo for uma das armas do capitalismo, só nos resta lutar e esperar pela transformação desta sociedade.

Já dizia Simon Bolivar: "Um povo ignorante é um instrumento cego da sua própria destruição".
Por isso, aproveitemos todos os artifícios possíveis para ir dando umas gargalhadas sempre que possível, para segundo aquelas opiniões médicas, ficarmos mais saudáveis e consequentemente, com mais forças para lutar, pelas alterações necessárias.
Agora vejamos a que ponto chegou o ensino em Portugal, que permite resposta destas, em testes de alunos do ensino primário.



- O Papa vive no Vácuo
- Antigamente na França os criminosos eram executados com a Gelatina
- Em Portugal os homens e as Mulheres podem casar. A isto chama-se monotonia
- Em nossa casa cada um tem o seu quarto. Só o papá é que tem de dormir sempre com a mamã.
- Os homens não podem casar com homens, porque então ninguém podia usar o vestido de noiva.
- Um seguro de vida é o dinheiro que se recebe depois de ter sobrevivido a um acidente grave.
- Os meus pais só compram papel higiénico cinzento, porque já fui utilizado e é bom para o ambiente.
- Adoptar uma criança é melhor! Assim os pais podem escolher os filhos e não têm de ficar com os que lhe saem.
- Adão e Eva viviam em Paris.
- O hemisfério Norte gira no sentido contrário do hemisfério Sul.
- As vacas não podem correr para não verterem o leite.
- Um pêssego é como uma maçã só que com um tapete por cima.
- Os douradinhos já estão mortos há muito tempo. Já não conseguem nadar!
- Eu não sou baptizado, mas estou vacinado.
- Depois do homem deixar de ser macaco passou a ser Egípcio.
- A Primavera é a primeira estação do ano. É na primavera que as galinhas põem os ovos e os agricultores põem as batatas.
- O meu tio levou o porco para a casota e lá foi morto juntamente com o meu avô.
- Quando o nosso cão ladrou de noite a minha mãe foi lá fora amamenta-lo. Se não os vizinhos ficavam chateados
- A minha tia tem tantas dores nos braços que mal consegue erguê-los por cima da cabeça e com as pernas é a mesma coisa.
- Um círculo é um quadrado redondo.
- A terra gira 365 dias todos os anos, mas a cada 4 anos precisa de mais um dia e é sempre em Fevereiro. Não sei porquê. Talvez por estar muito frio.
- A minha irmã está muito doente. Todos os dias toma uma pílula, mas as escondidas para os meus pais não ficarem preocupados.
ATENÇÃO Á LIRA TURCA

A Turquia tem uma nova moeda, a "nova lira turca", desde dia 1 de Janeiro 2007.
A (Yeni Turk Liras), que substitui a lira antiga, bastante desvalorizada, à qual
se tiraram 6 zeros
Acontece que a nova lira, tem o mesmo tamanho e aspecto da nossa moeda de 2 euros, com uma parte de cobre central, rodeada por uma parte de níquel.
Para que a confusão ainda seja maior, tem numa face, a imagem de Ataturk, em baixo relevo, tal como nos euros temos a imagem do rei de Espanha, do rei da Bélgica etc. Na outra face, a diferença é que amoeda turca tem o 1, onde o euro tem um 2.
Mas a questão central, é que a cotação da lira turca é 0,4 do nosso euro e não tem circulação na União Europeia.
A semelhança das moedas, permite que já se encontrem a circular no espaço europeu moedas de 1 lira turca, como se de 2 euros se tratassem e a diferença de cotação, estimula a desonestidade dos oportunistas.
É importante estar atento a esta imitação do euro pela lira turca, pois só assim se pode controlar as graves consequências do problema, visto que do ponto de vista jurídico, esta imitação é absolutamente inatacável e portanto nesse campo, nada mais se pode fazer.

sábado, 27 de novembro de 2010

CELEBRANDO SARAMAGO

PALAVRAS DE PILAR DEL RIO

"Saramago escrevia como se fosse um camponês: preparava a terra, adubava-a, limpava-a, semeava. Tudo a seu tempo, duas páginas por dia, sem impaciências, sem omitir um sulco, uma responsabilidade.
José Saramago era um pioneiro, estava possuído por um afã de não repetir, de começar a cada dia um caminho, porque nunca sabemos qual será aquele que nos leve aonde nos esperam.
Dias antes do que haveria de ser o último, falando da crise económica com vários amigos, Saramago disse algo que
poderia ser uma boa bússola para nos orientarmos por estas turbulências tão ameaçadoras quanto tenebrosas. Disse-nos que todos, governos e cidadãos, sabemos o que temos de fazer para sair da crise, que para mudar a vida teríamos que mudar devida. E acrescentou que se não intervimos já, todos, governos e cidadãos, a crise será cada vez mais profunda, porque não será económica, será uma crise moral.
Mudar de vida para mudar a vida.
Fazer do progresso um êxito do humanismo, não do capital.
Fazer da economia uma ciência moral que não nos diga por que sobem os preços mas antes um instrumento que ensine como impedir que os preços subam de tal maneira que logo tudo seja exploração, os pobres cada vez mais pobres, os países hipotecando-se em vez de deixarem de dever aos cidadãos e a soberania não radicando no povo mas em instituições distantes, obscuras, inalcançáveis".


NESTE LINK

sexta-feira, 26 de novembro de 2010






PETIÇÃO CONTRA EXTRAS

NO RECIBO DA ELECTRICIDADE
.
.
.
.
Em Outubro, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos propôs um aumento, em média, de 3,8 por cento.
Na factura de electricidade, a parcela dos “Custos de Interesse Geral” resulta de opções políticas e medidas legislativas.
O seu crescimento tem sido constante e exponencial. Prevê-se, em 2011, algo como 2,5 mil milhões de euros, um aumento de mais de 30% face a 2010. Trata-se de custos acrescidos, alguns sem relação directa com a produção e distribuição de energia eléctrica.
Na factura dos consumidores, em 2010, 31% traduzem os custos de produção de energia e 27 % o uso das redes que conduzem a electricidade até nossas casas.
A componente mais pesada, os “Custos de Interesse Geral” (42%), inclui verbas, entre outras, como o fomento às renováveis, rendas aos municípios e a amortização do défice tarifário. Há ainda a acrescentar os Custos para a Manutenção do Equilíbrio Contratual e os Contratos de Aquisição de Energia.
Mas se estes “Custos de Interesse Geral” fossem reduzidos em 10%, estaríamos perante uma redução na factura na ordem dos 5%, em vez de um aumento de 3,8 % num serviço público essencial, como a electricidade.
Ajude-nos a fazer crescer a lista dos nomes. Quantos mais protestarmos, mais fortes seremos na defesa dos nossos direitos.
Para muitas famílias, os aumentos em simultâneo em várias áreas de consumo serão dramáticos.
Por isso, exigimos cortes nos custos extra que pesam na factura mensal da electricidade.
Passe a palavra a amigos e familiares.
Os consumidores agradecem.
Subscreva a nossa petição e dê mais energia a esta causa
PÁTRIA DESAMADA

Por:Dinis H. G. Nunes

Vês o teu país
como um filho
que passa mal
e tu passas por ele
e não fazes nada?

uma pátria perdida
louca varrida
violada
um povo humilde humilhado
a pedir mendigo justiça
uma terra de ninguém
onde diseurs da mentira
proclamam grandes verdades
e tomam posse da minha amada pátria
como se fosse uma junta de freguesia
ajeitam a gravata
acertam o preço com os fregueses
e trespassam-na no mercado:
rápido que é para acabar
EUROPEANA
BIBLIOTECA MULTIMÉDIA ONLINE NA EUROPA.

A biblioteca multimédia online da Europa, "Europeana", cujo objectivo para 2010 é dar acesso a pelo menos dez milhões de obras, dos 27 Estados-membros da União Europeia , está acessível ao público, através da Internet, em todas as línguas da UE, através do endereço
http://www.europeana.eu/portal/.
Esta biblioteca virtual conta com livros, mapas, gravações, fotografias, documentos de arquivo, pinturas e filmes do acervo das bibliotecas nacionais e instituições culturais dos 27 Estados-Membros da UE.
Por exemplo de Portugal pode apresentar a "Carta plana de parte da Costa do Brasil", um mapa de 1784 para além de outras obras "representativas da riqueza da diversidade cultural da Europa.
Terá zonas interactivas, nomeadamente para comunidades com interesses especiais.
A biblioteca multimédia europeia conta com material fornecido por mais de 1000 organizações culturais de toda a Europa, incluindo Museus, como o Louvre de Paris, que forneceram digitalizações de quadros e objectos das suas colecções.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O ESTADO

A QUE O ESTADO CHEGOU!!!

JORNALISTAS DA SIC, ANALISAM MEGA

NEGÓCIOS DO ESTADO, COM SECTOR PRIVADO

Com o título de “A SIC analisou à lupa alguns dos mega negócios do Estado com entidades privadas” publicamos um vídeo, onde se abordam casos de fraudes, corrupções e negócios escuros, praticados á sombra de um governo que mais parece uma quadrilha.
Entre eles destacamos alguns depoimentos de referência, como sejam os do economista Octávio Teixeira e do juiz jubilado do Tribunal de Contas, Carlos Moreno.
O vídeo dá oportunidade de perceber o fundamento de algumas denúncias que têm sido feitas, sobre as chamadas parcerias publico-privadas.
Conclui-se que as gerações futuras irão ter de pagar compromissos agora assumidos, num valor superior a 50 mil milhões de Euros.
Outro dos temas abordados, referem a inutilidade dos Governos Civis, bem como de algumas das suas vergonhosas actividades, entre as quais se destaca o aproveitamento como departamento de emprego dos “boys” do partido do governo.
Fala-se também dos escritórios de advogados que recebem milhões e milhões de euros e das celebres fundações, outra área privilegiada de emprego para os “boys” dos vários partidos, dos sucessivos governos, onde o Estado consome milhões e milhões de euros, sem que se perceba muito bem a sua utilidade.




UM GOVERNO ALTERNATIVO

Se o departamento Central de Investigação e Acção Penal da Procuradoria-geral da Republica entende publicar um documento para promover os “bufos” deste país, aproveitamos a oportunidade para designar quem nos governa e quem nos governou, como principais candidatos a serem denunciados.
Não preenchemos o documento oficial (que mostramos mais abaixo, no 1º texto), por uma questão de elevação moral do contexto.
Mas…..damos alternativas!!!.

ONDE A COBARDIA

SE MASCARA DE CIVISMO

DENÚNCIA DE ACTOS DE CORRUPÇÃO E FRAUDES.
DOCUMENTO OFICIAL DO DEPARTAMENTO CENTRAL DE INVESTIGAÇÃO E ACÇÃO PENAL.

Aquele organismo oficial, publicitou a forma de se denunciar indivíduos corruptos, actos de corrupção ou fraude, mantendo o anonimato.
Esse documento e a dilatada amplitude de interpretação, que esta medida pressupõe, leva-nos a rejeitá-la liminarmente, na medida em que através dela se podem despoletar em indivíduos mal formados, os mais perversos instintos.
A calúnia, é o traiçoeiro caldo de cultura, que uma medida desta natureza sempre estimula.
Não nos dá nenhum prazer, falar deste caso, porque corresponde na prática, publicitar este tipo de duvidosa iniciativa.
Fazemo-lo com a consciência de que este sinal, traduz a distância a que estamos, do glorioso e esperançoso 25 de Abril.
No país em que vivemos, deseducados dos valores da cidadania, da lealdade e da honestidade, há gerações sucessivas, recorrer a este tipo de fórmula para se obter a denúncia dos corruptos, da fraudes e corrupções é inadmissível.
Um organismo oficial ter o descaramento de fazer uma proposta destas, é incontestavelmente uma forma de continuar algo de repugnante, que cheira que tresanda á cobardia típica do fascismo salazarento!!!
O nível a que chegou o método da pseudo-moralização da coisa pública deste país, pode ver-se AQUI
No entanto acontecem coisas como esta que relatamos a seguir.

ANDAM A BRINCAR COM O POVO


ESTE PAÍS NÃO É PARA CORRUPTOS

Que Portugal é um país livre de corrupção, sabe toda a gente que tenha lido a notícia da absolvição de Domingos Névoa.

O tribunal deu como provado que o arguido tinha oferecido 200 mil euros para que um titular de cargo político lhe fizesse um favor, mas absolveu-o por considerar que o político não tinha os poderes necessários para responder ao pedido.
Ou seja, foi oferecido um suborno, mas a um destinatário inadequado. E, para o tribunal, quem tenta corromper a pessoa errada não é corrupto - é só parvo.
A sentença, infelizmente, não esclarece se o raciocínio é válido para outros crimes: se, por exemplo, quem tenta assassinar a pessoa errada não é assassino, mas apenas incompetente; ou se quem tenta assaltar o banco errado não é ladrão, mas sim distraído.
Neste último caso a prática de irregularidades é extraordinariamente difícil, uma vez que mesmo quem assalta o banco certo só é ladrão se não for administrador. (in Visão)

CASO BPN


ESCÂNDALO E IMPUNIDADE

9 . 7 1 0 . 5 3 9 . 9 4 0 , 0 9 € (NOVE-MIL-SETECENTOS-E-DEZ-MILHÕES-DE-EUROS)

A burla cometida no BPN não tem precedentes na história de Portugal !!!
O montante do desvio atribuído a Oliveira e Costa, Luís Caprichoso, Francisco Sanches e Vaz Mascarenhas é algo de tão elevado, que só a sua comparação com coisas palpáveis nos pode dar uma ideia da sua grandeza.
Com 9.710.539.940,09 € (NOVE MIL SETECENTOS E DEZ MILHÕES DE EUROS.....) poderíamos:
Comprar 48 aviões Airbus A380 (o maior avião comercial do mundo).
Comprar 16 plantéis de futebol iguais ao do Real Madrid.
Construir 7 TGV de Lisboa a Gaia.
Construir 5 pontes para travessia do Tejo.
Construir 3 aeroportos como o de Alcochete.
Para transportar os 9,7 MIL MILHÕES DE EUROS, seriam necessárias 4.850 carrinhas de transporte de valores!
Assim, talvez já se perceba melhor o que está em causa.
Distribuído pelos 10 milhões de portugueses, caberia a cada um cerca de 971 € !!!
Então e os Dias Loureiro e os Arlindos de Carvalho onde andam?!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

ABSOLUTAMENTE RIDÍCULO!!!

MULTA POR FALTA DE ASSINATURA
NO DOCUMENTO VERDE DO SEGURO

A PSP e a GNR andam a multar os automobilistas que não tenham a carta verde do seguro devidamente assinada.
Acontece que na folha verde do seguro diz a páginas tantas: "Este certificado só é válido, quando assinado pelo Tomador do Seguro".
Por isso, há consistência legal na passagem de uma multa de setenta e cinco euros, caso não tenhamos o documento assinado.
É verdadeiramente ridículo, mas é a nossa realidade!!!
Como estamos a entrar no período do Natal, todos os argumentos servem para se obter mais umas c’roazitas!!!

NOTA FINAL- Vá já, antes que se esqueça, assinar na Carta Verde, no verso, no fundo do lado esquerdo, com a data de início da anuidade!

domingo, 21 de novembro de 2010

O LADO EXÓTICO DA VIDA

Procuramos sempre encontrar alguma afinidade entre o “power point” do dia e o texto ou textos que se seguem.
Hoje não fugimos á regra, e ao lado do exotismo de vermos reformados a trabalhar como uns danados para ganhar mais umas c’roas, damos oportunidade aos trabalhadores de conhecer em pormenor, a legislação que dá cobertura legal á greve.
Portanto já sabe, se no dia 24 quiser fazer greve e o respectivo patrão, for um daqueles exóticos, que querem sabotar o livre exercício de um dos direitos, que mais dificilmente foi conseguido pela luta dos trabalhadores, leia o texto e mostre-o a quem de direito, para obrigar a cumprir a Lei.
Agora divirta-se a ver outros exotismos que a vida tem, mas que nestes casos, dão para nos pôr bem dispostos!!!!



REFORMADOS ACTIVOS

SOMOS OS MELHORES!!!

Ao menos num capítulo ninguém nos bate, seja na Europa, nas Américas ou na Oceânia: nas políticas sociais de integração e valorização dos reformados.
Nos últimos tempos, quase não passa dia sem que haja notícias animadoras a este respeito.
E nós que não sabíamos! Ora vejamos:
O nosso Presidente da República é um reformado;
O nosso candidato a Presidente da República é um reformado;
O nosso ministro das Finanças é um reformado;
O nosso anterior ministro das Finanças já era um reformado;
O ex-Ministro das Finanças Ernâni Lopes que propõe que se cortem os vencimentos dos Funcionários Públicos em 25% é Reformado da CGD desde os 47 anos de idade!
O ministro das Obras Públicas é um reformado;
Gestores activíssimos como o ex-ministro Mira Amaral são reformados;
O novo presidente da Galp, Murteira Nabo, é um reformado;
Entre os autarcas, "centenas, se não milhares" de reformados garantiu-o o presidente da ANMP
O presidente do Governo Regional da Madeira é um reformado.
E assim por diante...
Digam lá qual é o país da Europa que dá tanto e tão bom emprego a reformados?

Só o Sócrates não é reformado..... porque, segundo parece, nem sequer é FORMADO !!!


























quinta-feira, 18 de novembro de 2010

TACHOS PARA A

FAMÍLIA DE SÓCRATES






CUNHADA DE SÓCRATES, ASSESSORA DE UM ASSESSOR DA EPAL
A EPAL, empresa pública tutelada pelo Ministério do Ambiente, contratou em Junho deste ano, já em plena derrapagem das contas públicas, a cunhada do primeiro-ministro para assessora do conselho de administração.
A admissão de Mara Mesquita Carvalho Fava, irmã de Sofia Fava (ex-mulher de José Sócrates), nos quadros da EPAL ocorreu após quase dois anos como trabalhadora da empresa a recibos verdes.
A cunhada de José Sócrates terá um salário mensal bruto de 2103 euros, acrescido de 21,5% do ordenado por isenção de horário de trabalho.
O ingresso de Mara Fava nos quadros da EPAL foi revelado pelo próprio jornal da empresa: na edição de Junho de 2010 do 'Águas Livres', na coluna Movimento de Pessoal, indica-se que foram admitidas Mara Fava e Mariana Barreto Dias de Castro Henriques, mulher de Jorge Moreira da Silva, ex-secretário de Estado do Ambiente, ex-consultor do Presidente da República e vice-presidente do PSD.
A Comissão de Trabalhadores, em resposta ao CM, assume que o assunto "é falado entre os trabalhadores da EPAL e em termos nada abonatórios para os envolvidos directa ou indirectamente na sua admissão, assim como para a justificação do vencimento, mais isenção de horário de trabalho".
Assessora de um assessor!!!! 2103€ + 452€ (21,5%) = 2555€ por mês!!!
É para isto que servem os Institutos Públicos, Empresas Municipais, Fundações e a razão para não serem extintas.
Mais uma forma de roubar o nosso dinheiro.


ESTE TAMBÉM TEM

SERVIÇO COMPLETO!!!

Pedro Silva Gomes, de 26 anos, frequentou o ensino secundário, sem currículo profissional nem formação de nível superior, filho de um funcionário do PS que residiu até 2008 numa casa da CML com uma renda de 48 euros/mês, elemento do secretariado da secção de Santa Maria de Belém do PS, entrou muito novo para os quadros do partido.
Em 2009, Gomes rescindiu por mútuo acordo o contrato com o PS - passando a receber o subsídio de desemprego - e em Outubro foi o candidato derrotado à Junta de Belém.
No mês seguinte foi contratado como assessor técnico e político do gabinete da vereadora Graça Fonseca, na Câmara de Lisboa (CML), também ela antigo elemento do secretariado, da secção de Santa Maria de Belém do PS, com a remuneração 3950 euros ilíquidos, por 31 dias, com recibo verde e um segundo contrato no valor de 47.400 euros pelo prazo de 365 dias, no Gabinete de Apoio ao Agrupamento Político dos Vereadores do PS, que segundo consta, não tem existência real.
Em Dezembro, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) aprovou-lhe também um subsídio, não reembolsável, de 57.439 euros, para apoio ao investimento na Construway e para a criação de quatro postos de trabalho, incluindo o seu. Deste valor Pedro Gomes recebeu 26.724 euros ainda em Dezembro, sendo 4086 para investimento e 22.637 para os postos de trabalho
Desde então, o assessor - que estava desempregado, acumulou esse vencimento com cerca de 41.100 euros de subsídios relacionados com a criação do seu próprio posto de trabalho, como empresa de construção civil Construway, com sede na sua residência, no Montijo, que não teve qualquer actividade, viu aprovado o pagamento antecipado dos meses de subsídios de desemprego a que ainda tinha direito, no valor total de 1875 euros
.
BELAS FOTOS

Mais uma vez vamos apresentar uma selecção de fotos de uma beleza fantástica.
Julgamos que é a primeira apresentação de um tema desta natureza, que não é acompanhado de uma música de fundo.
Fizemos questão de mesmo assim publicar o “power point”, primeiro porque as fotos são de uma beleza irresistível, segundo porque a essência artística das imagens, até podem ser mais apreciadas em silêncio.
O clima não será o mesmo, mas a concentração pode melhorar, exactamente por nada desviar a atenção da beleza intrínseca do elemento artístico que elas contêm e beneficiarem os aspectos contemplativos.


NESTE LINK
OCTÁVIO TEIXEIRA
PROGRAMA "CONSELHO SUPERIOR" DA ANTENA UM
No programa de hoje “Conselho superior” da Antena 1, falou o economista Octávio Teixeira (O.T.), que fez uma intervenção muito importante.
De tal maneira importante, que resolvemos transcrevê-la, para conhecimento de quem não teve o privilégio de ouvir o referido programa.
Chamamos a atenção para o facto deste texto ser reflexo da reprodução literal da intervenção, colocando as virgulas nos sítios que melhor reproduziriam a entoação exata da conversa, sem nenhuma outra preocupação que não fosse a de transmitir com o rigor possível, o que foi dito e da maneira como foi dito.
Locutor- Uma conversa que hoje vai orientada para a pressão, que está actualmente a ser feita sobre a Irlanda, para que o país recorra á ajuda financeira da União Europeia e intervenção do FMI e também, uma pressão onde alinham outros países membros, como Portugal e Espanha, que está com problemas.
Octávio Teixeira, bom dia. Olhando para esta pressão Octávio Teixeira, entende que porventura seria mais útil a países com Portugal e Espanha, juntarem-se a outros em dificuldades como a Grécia e a Irlanda, para fazerem uma frente comum e não andar nesta, do salve-se quem puder.

O.T.-Certamente, do meu ponto de vista, aquilo que se está a fazer, a que se estamos a assistir, é de uma visão errada e de curtíssimo prazo, que vai inevitavelmente aumentar os custos económicos e sociais destes países a médio e longo prazo, porque é evidente que as situações da Grécia da Irlanda de Portugal e da Espanha apresentam específidades .
Isso não esta em causa, mas em termos substantivos, são mais as semelhanças que as diferenças.

Locutor - e nos média estamos todos no mesmo barco!

Exactamente....porque repare.... as questões essenciais e comuns, são que todos eles viram as suas dívidas públicas acelerarem, por efeito da recessão provocada pela crise.
Estão sujeitos à especulação das taxas de juro sobre as suas dívidas.
Vão sendo obrigados a agravar permanentemente, as medidas de austeridade, sobre os seus cidadãos e sobre as economias reais.
Um a um vão sendo pressionados pelo directório da Alemanha e França, a fim de solicitarem a intervenção desastrosa, do desacreditado Fundo Monetário Internacional .
Há mais uma semelhança a que eu atribulo a maior importância:
É que os credores da maior parte das suas dívidas externas, destes quatro grandes países, destes quatro países, são grandes bancos alemães e franceses.
Ora todas estas semelhanças, independentemente de cada um poder e dever fazer a nível interno, o que é possível, deveriam levar estes países a concertarem-se e a estabelecerem uma estratégia comum, para ultrapassar a situação, com os menores custos sociais e económicos possíveis.
Porque repare-se: se hipoteticamente, estes quatro países entrassem em situação de incumprimento dos seus compromissos de dívida externa, isso configuraria, a falência de alguns dos principais bancos alemães e franceses e eventualmente o desaparecimento do euro.
Ora isto tem necessariamente, um grande peso político, junto da senhora Merckel e do senhor Sarkosy.
Por isso é que eu entendo, que se houvesse uma actuação convergente, uma acção comum, destes quatro países, o directório certamente, se veria obrigado a mudar a sua estratégia actual, que é draconiana.
E designadamente, fazendo a desconexão do auxílio financeiro, á entrada do Fundo Monetário Internacional, a possibilidade de acesso directo ao financiamento banco central europeu e uma reprogramação realista, da redução dos deficits das dívidas.
A união faz a força, mas por aquilo que estamos a assistir, para estes governantes preferem a desunião, o deixar cada um a sua sorte, á espera de um milagre, de algum deles, poder vir a passar por entre as gotas da borrasca.

Locutor- Queria precisamente perguntar-lhe se neste contexto, onde cada um pensa simplesmente em manter a cabeça á tona de água, há efectivas possibilidades desse entendimento acontecer.

OT-É que não há, exactamente possibilidades de cada um se salvar por si próprio, por conseguinte, eu julgo que deveria haver a possibilidade, embora com toda a sinceridade eu duvido.
Mas deveria haver essa possibilidade, de poder haver esse entendimento e sinceramente não vislumbro, por que é que não pode ser assim, ou melhor, por que é que não tem sido feito assim, a não ser que seja por uma postura, parece-me que é essa a questão central, de reverência perante a Alemanha e perante a França.

O problema é quem pagará os dolorosos custos dessa atitude, serão os cidadãos que não contribuíram nem para a crise, nem contribuíram para as asneiras financeiras, nem contribuem para esta atitude incompreensível dos seus governantes.

O locutor – É uma reflexão importante, até para voltar a pôr o sublinhado, na palavra “união”, de “União Europeia”.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

CINCO OCASIÕES PARA
AMENIZAR O QUOTIDIANO

1 - UMA DEMONSTRAÇÃO DE RITMO, AGILIDADE E ACOBRACIA DE UM GRUPO DE JOVENS CAMPEÕES DE GINÁSTICA DESPORTIVA
Foram estes os finalistas campeões da célebre “Britain's Got Talent” de 2010.
Pensamos que perante tanto talento, vale a pena começar por ver a semi-final, até porque os exercícios, coreografia, guarda-roupa e cenários são significativamente diferentes.
Divirta-se, e admire estes jovens que certamente dedicam grande parte das suas vidas a uma tarefa extremamente gratificante, saudável e que desenvolve o espírito de grupo, tão necessário nos tempos que correm.
Para ver a semi-final, clique
AQUI .
.
Para ver a final clique AQUI

Agora, passemos a outro tipo de emoção, igualmente notável ao nível do desempenho.
2 -A IMAGINAÇÃO E A TERNURA, AO SERVIÇO DA ARTE
Este amoroso site, é de uma requintada sensibilidade e de uma imaginação surpreendente.
Utilizando algumas técnicas informáticas, um pintor virtual, dá vida á ternura, numa impressionante e amorosa sequência.

Veja ……com olhos de ver , clicando
AQUI.
.
3 - CHEGOU A VEZ DA MÚSICA

Os BEATLES, são uma legenda da música moderna.
A sua imensa popularidade, tornou apetecível o acesso ao seu vasto reportório.
Graças sobretudo á Internet que proporciona acesso livre á sua extensa obra, vamos podendo ouvi-los nos vídeos do You Tube e outros sites.
É igualmente possível, ter acesso a todas as letras e múltiplos textos, com pormenores da sua vida.
O site que lhe estamos a indicar, tem não só todas as 214 canções, como as respectivas letras.
Se gostar dos Beatles tem a oportunidade de ouvir todas essas músicas clicando
AQUI

4 - MUSEU DA RTP -A MEMÓRIA DA NOSSA TELEVISÃO
Julgamos que por hoje fechamos com chave de ouro, ao dar-lhe a possibilidade de recordar todos os programas que passaram na RÁDIO TELEVISÃO PORTUGUESA , desde sempre.
É um sítio digno de figurar nos favoritos, para memória futura .
ABSOLUTAMENTE IMPERDÌVEL !!!

É só clicar
AQUI ..
.
5 - PARIS – A MAIOR FOTO DO MUNDO (HD)
Conhece Paris?

Se já conhece, tem a oportunidade de recordar, senão pode começar a praticar uns passeios pela cidade, para mais tarde saber como é!!!
Ao abrir o site, clique nos ícones à esquerda e utilize as 4 setas para ver com a tela cheia e fique a conhecer Paris como a palma da mão!!!
Para responder á sua curiosidade esta foto foi feita com uma Canon 5D Mark II e uma lente de 400 mm .
No total, foram usadas 1665 fotos de 21,4 MP, gravadas com a ajuda de um robô ao longo de 172 minutos.
O resultado foi 102 GB de dados que foram, depois, convertidos numa foto panorâmica com a ajuda de um computador com 48 GB de RAM e 16 processadores.
94 horas depois, estava criada a maior foto digital do mundo, com uma resolução de 297.500 x 87.500 pixels (26 gigapixels).
Agora veja o resultado clicando
AQUI
Seria bom que depois de apreciar algumas das coisas que acabámos de apresentar, lhe tenham servido para encontrar um pouco de beleza no quotidiano, e valorizado esses momentos de tranquilidade para fazer algumas pazes com a vida.

sábado, 13 de novembro de 2010

LISBOA INUNDADA!!!
Embora sobre as inundações de Lisboa, tenham passado alguns dias, por ser um espectáculo inusitado nesta cidade, publicamos este “power point”, quanto mais não seja, para ficar na memória deste Blogue.
Longe dos dramas de inundações pavorosas
, que destroem tudo á sua passagem, inclusive vidas humanas, a que estamos “quase” habituados a assistir por esse mundo fora, estas inundações em Lisboa, até pela sua peculiaridade, devem servir para nos alertar, mais uma vez, para o que se está a passar com a Natureza.
Estas alterações meteorológicas profundas, que reflectem indubitavelmente algo de errado se está a passar, deveriam servir-nos de alerta, para nos mobilizar na luta contra tudo o que ponha em causa os equilíbrios da Natureza.
Nela estão obviamente incluídas, as de carácter político, que por muitas e variadas razões, quando levadas a cabo contra os interesses da maioria das populações, têm sequelas muitas vezes imperceptíveis, mas com consequências que acabam por atrasar, desvirtuar e penalizar a evolução natural do ser humano.
LEIAM, REFLITAM E PONDEREM!!!

Por complicações diversas, só hoje tivemos acesso a este premonitório texto.
De tudo o que aprendemos, de tudo o que estudámos, de tudo o que a vida nos ensinou, leva-nos a considerar, o texto “PÃO E BRIOCHES” de Jorge Cadima , Professor universitário e analista de política internacional, que vamos reproduzir a seguir, uma espécie de “profecia científica”, dos tempos que se aproximam.
Sem queremos parecer catastrofistas, mas convencidos que mais cedo do que tarde, teremos ocasião de ver confirmado, tudo o que nele é relatado.
Não digo que era bom que estivéssemos enganados, porque sempre pensámos que tanta injustiça e desequilíbrios a que assistimos durante a vida, não poderão ter outro resultado.
Uma nova etapa civilizacional, se desenha no horizonte.
Se não fosse um horizonte de luz, eu referi-lo-ia como estando nós, do ponto de vista económico e sociológico, a começar a ver a luz ao fundo do túnel.
Sendo assim, será um privilégio ainda poder desejar mais uns anos de vida, para poder assistir ao princípio do fim do Sistema Capitalista, que se permite por exemplo, produzir um jogo de computador que glorifica as tentativas que foram feitas pela CIA, para matar um chefe de estado, seja ele qual for.
Estamos a falar do jogo “CALL OF DUTY: BLACK OPS”
Neste caso, é Fidel de Castro (na realidade são conhecidas mais de 600 tentativas….. não virtuais!!), mas outros têm acontecido , sem a “sorte” do presidente de Cuba.
Vem a propósito lembrar a série de filmes e jogos de computador, onde os "virtuais heróis” norte americanos vencem todas as batalhas, como por exemplo contra o sacrificado povo vietnamita, iraquiano, afegão, povos sul-americanos, iraniano, palestino, ou qualquer outro.
Se lhes aparece alguém pela frente, para impedir, ou ameaçar o “Império norte-americano” , acontece-lhe o mesmo, como ameaçava um alto dirigente do Partido Socialista, a quem se atrever a atacar o PS…..Leva!!!
Os norte-americanos, quando estão em dificuldades financeiras, não se coíbem de enviar para o mercado triliões de dólares virtuais, para poderem roubar a produção ou serviços prestados, pelo mundo do trabalho, em valor efectivo.
Aproveitando o facto de o dólar ser a moeda internacional de referência, até são capazes de como fizeram a semana passada, “encherem o mercado” com mais 600.000 milhões de dólares, em papel, para chantagear , dias depois, a reunião dos governos das nações que constituem o G 20, numa guerra de paridades cambiais.

Este período da História da humanidade, será recordado, como dos períodos mais difíceis e complexos, da evolução do homem na terra.

E agora, leiam, reflictam e ponderem, porque estão a intervir num futuro próximo!!!


PÃO E BRIOCHES


JORGE CADIMA
Professor universitário
e analista de política internacional

.
.
.
“O ex-economista-chefe do FMI, K. Rogoff, diz que «A bancarrota grega é inevitável. Há 95% de hipóteses de que a Espanha acabe na bancarrota. A Hungria está à beira do precipício. As coisas vão ficar muito piores na Europa do Leste. Há vários países que vão para a falência. Há vários países da zona euro que fariam melhor em tirar uma licença sabática em relação ao euro durante um ano. A situação nos EUA é muito preocupante»”. “Como se sabe, em 1789 o povo de Paris, sem pão nem brioches, resolveu o problema por outras formas. Também foi assim na Rússia, vai agora fazer 93 anos. Há sempre soluções, quando as classes dominantes nada têm para oferecer senão miséria e guerra.”

Reza a história que, pouco antes da grande Revolução Francesa de 1789, quando a rainha Maria Antonieta foi informada de que o povo faminto de Paris se manifestava nas ruas pedindo pão, terá respondido: «se não têm pão, comam brioches». O espírito de Maria Antonieta está de volta, nos salões do grande capital e dos governos ao seu serviço.
Nos mesmos dias em que o governo Sócrates anunciava a sua mais recente marretada na cabeça do povo português – para «acalmar os mercados» que estavam «preocupados» com o défice orçamental nacional – o governo irlandês anunciou o aumento em cerca de 6 mil milhões de euros nos subsídios de apoio aos falidos bancos irlandeses (Irish Times, 30.9.10). Como resultado, o défice orçamental irlandês será, este ano, «uns estonteantes 32% da produção económica [PIB], o valor mais alto da Europa após a II Guerra Mundial» (Associated Press, 1.10.10).
Os bancos irlandeses estão a ser premiados por se terem «endividado fortemente junto de credores estrangeiros e investido o dinheiro no sobreaquecido mercado imobiliário irlandês – e depois procurarem esconder a verdadeira dimensão dos estragos quando a crise global no crédito fez rebentar a bolha imobiliária» (AP, 1.10.10). Como reagiram os «mercados» e seus serventuários ao anúncio do monumental buraco orçamental resultante da falcatrua, num país cujo PIB caiu 10% em 2009 e cujo desemprego vai em 13,8%? Segundo o Irish Times (30.9.10) a agência de notação (rating) Fitch declarou que o governo tinha «ganho tempo para produzir um plano fiscal para 4 anos» e manteve a notação (AA-) inalterada.
O comissário europeu para a economia, Olli Rehn, declarou «apoiar fortemente a forma como o ministro das Finanças [irlandês] geriu a questão». E o comissário europeu para a concorrência, Joaquim Almunia, «saudou a declaração […] afirmando que traz clareza». Pelos vistos, não é com qualquer buraco orçamental que os mercados se enervam e precisam de ser «acalmados». Quando estão a mamar da maxi-teta do Estado ficam mansos.
A necessidade de «acalmar» os mercados virá, fatal como o destino, quando se tratar de cortar salários, aumentar impostos sobre o povo, dar novas machadadas orçamentais nas funções sociais do Estado. Que já estão a ser preparados pelo governo irlandês: «Já olhámos para as leis da segurança social, para as leis das reformas. Vamos ter de olhar para todas essas questões» afirmou o ministro das Finanças, ao anunciar que prepara um novo pacote de «austeridade» (Bloomberg, 11.10.10).
Num relatório do FMI sobre Estabilidade Financeira Global afirma-se
(telegraph 5.10.10) que: «os governos terão de injectar nova liquidez nos bancos – em particular em Espanha, Alemanha e nos EUA». Solícito, o comissário europeu Almunia declarou que iria prolongar as medidas excepcionais de apoio ao sistema bancário, indústria e comércio: «não estamos ainda em condições de voltar ao regime normal. Sabemos que ainda há instituições … que precisam deste apoio estatal através de injecções de capitais públicos» (Financial Times, 5.10.10). Isto, apesar dos conhecidos lucros dos últimos meses. E nem se pense em taxar transacções financeiras, advertiu o presidente do Banco Central Europeu
(euobserver1.10.10): há «desvantagens económicas, financeiras […] e técnicas». Quanto ao povo, que coma brioches.
Mas o sistema capitalista mundial está a ranger por todos os lados. O ex-presidente da Reserva Federal, Paul Volcker, falando num simpósio em 23.9.10, disse que «o sistema financeiro está quebrado. Usámos essa palavra em finais de 2008 e infelizmente penso que ainda é correcto usar essa palavra». O ex-economista-chefe do FMI, K. Rogoff, diz que «A bancarrota grega é inevitável. Há 95% de hipóteses de que a Espanha acabe na bancarrota. A Hungria está à beira do precipício. As coisas vão ficar muito piores na Europa do Leste. Há vários países que vão para a falência. Há vários países da zona euro que fariam melhor em tirar uma licença sabática em relação ao euro durante um ano. A situação nos EUA é muito preocupante» (Der Spiegel, 4.10.10).
Como se sabe, em 1789 o povo de Paris, sem pão nem brioches, resolveu o problema por outras formas. Também foi assim na Rússia, vai agora fazer 93 anos. Há sempre soluções, quando as classes dominantes nada têm para oferecer senão miséria e guerra.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

AS SETE MARAVILHAS DA RÚSSIA

A escolha deste “power point” tem a ver com o facto de falando da Rússia, vem-nos á memória a União Soviética, e o projecto de Sociedade que esteve na origem da “Grande Revolução de Outubro”.
As condições adversas em que se desenvolveu, não permitiram a sua consolidação, sobretudo a partir de 1935.
Revolução, Contra- revolução, invasões dos chamados aliados, mais japoneses, guerra de 1939-45, traições e sabotagens durante e após guerra , esforços de apoio á reconstrução dos países da sua área de influência, bem com as despesas militares excessivas para manutenção de um equilíbrio militar contra os Estados Unidos e seus aliados ocidentais, provocaram carências enormes, que descontentaram populações despolitizadas e provocaram a derrocada da União Soviética.
A Rússia, despojo final dessa heróica etapa da evolução humana, mantém incólume a nossa humilde admiração, por tudo o que a humanidade lhe ficou a dever em termos sociológicos e históricos , para a emancipação dos trabalhadores e da Sociedade em geral.


NESTE LINK
O DESEMPREGO

CRÓNICA QUE DEVIA TER......MORTE ANUNCIADA!!!

Lemos no semanário “Expresso”, uma crónica de Vítor Andrade, sobre a “Azeitejo”, relatando que aquela firma tinha adquirido duas máquinas “New Holland” para apanha da azeitona.
A páginas tantas, esclarecia que cada uma: “ Faz o trabalho de 200 pessoas. Ou seja, num dia é capaz de colher 40 toneladas de azeitona".
Mais adiante podia ler-se: “ do outro lado da estrada um grupo de duas dezenas de pessoas esburacam afincadamente a terra lavrada, onde vão plantando centenas de pequenas oliveiras".
Quando acabei de ler a notícia fiquei a pensar, que irão fazer aquelas duas dezenas de pessoas, quando já não houver mais necessidade de esburacar a terra, para plantar oliveiras?
Que será feito das outra 400 que foram substituídas pelas máquinas acabadas de comprar?
Há tempos, publicámos neste Blogue um vídeo, que mostrava uma das máquinas utilizadas pelos madeireiros para cortar os eucaliptos e outras árvores.
Em segundos, fazem o trabalho que vários homens levariam horas.
Pode ver um exemplo semelhante
CLICANDO AQUI
Depois de abrir esse vídeo, tem do lado direito da mesma página do “You Tube”, muitos outros exemplos mecanizados, que são significativos da substituição da mão-de-obra, nas várias operações de recolha das madeiras e resíduos dessas operações.
Agora vamos mostrar-lhe OUTRO EXEMPLO ( Veja em ecran inteiro que é mais impressionante!) ainda mais espectacular, da substituição da mão-de-obra humana, por automatismos verdadeiramente impensáveis até há pouco e que, como muitos outros, estão na genese das ondas de desemprego a que se assiste por todo o lado.
Não discutimos, nem discordamos sobre a importância do progresso.
E isto é progresso!!!
O que achamos e é curial exigir, é que ele seja colocado ao serviço da humanidade e não como privilégio de uns quantos, para continuarem a explorar os seus semelhantes.
A exigência de alteração do modo de produção capitalista e de novas relações de produção, são argumentos que comprovadamente se justificam.
Os exemplos acima apontados, são pequenos mas significativos testemunhos, do drama que se abate sobre o mundo do trabalho.
Já em 1 de Agosto passado, no início de um texto que escrevemos neste Blogue sob o título:
“POSTOS DE TRABALHO"
A CENOURA COM QUE O CAPITAL, ACENA AOS TRABALHADORES !!!”, começávamos por dizer:
"Chega a parecer impossível, tanta gente estar a ser enganada no que diz respeito às expectativas de manter ou poder vir a obter um posto de trabalho, estável, adequado e razoavelmente pago".
E um pouco mais adiante:

"É um facto que toda a propaganda é feita no sentido de manter em alta as expectativas dos cidadãos.
No entanto, bastaria ver a evolução dos níveis do desemprego, a permanente e definitiva destruição dos postos de trabalho e os objectivos das políticas neo-liberais, que grassam no mundo, desde a queda da União Soviética".

E mais adiante continuava:
"A automatização e a robotização da produção, é o factor decisivo para se perceber que não há qualquer hipótese de compensar os postos de trabalho destruídos, com a criação de novas empresas e seu consequente e limitado número de postos de trabalho."

e acrescentava:
"O aparecimento das novas tecnologias, preferencialmente utilizadas e desenvolvidas na máquina produtiva para a substituição da mão-de-obra e obtenção de maiores lucros, está a condenar sem remissão os trabalhadores á miséria e ao desemprego, fazendo desaparecer aceleradamente postos de trabalho, não só em Portugal mas igualmente em todo o mundo".

Foram estas considerações, retrato de uma dolorosa realidade actual, que vimos profetisada há bem mais de uma dezena de anos, na leitura de um texto de Werner Schwab intitulado:
“A ARMADILHA DA GLOBALIZAÇÃO- A SOCIEDADE DOS DOIS DÉCIMOS” .
A ela se ficou a dever a obrigação que sentimos de criar este Blogue, como espaço de luta e esclarecimento.
Esse texto, foi quando começámos em 28 de Fevereiro de 2008, a primeira publicação que incluímos nele.
A sua importância é enorme, para entendermos os fundamentos da justa luta dos trabalhadores, e da necessidade de serem alteradas as relações de produção.
Como tal, aconselhamos a lê-lo ou a reler, pois o que nele é dito assume uma importância básica e fulcral, em qualquer análise que se faça para avaliar as consequências da evolução da Sociedade e muito particularmente o modo de produção capitalista no mundo do trabalho e da produção.
A acelerada evolução científica, é nesta matéria, é um argumento aterrador pelas suas consequências.
A forma dependente como se está a colocar a humanidade, nas mãos dos donos dos meios de produção, é assustadora, porque pode ter consequências fatais para a humanidade.
Se pensa que exageramos, leia um texto que escrevemos neste Blogue sob o título
DA ROBÓTICA Á CIÊNCIA COGNITIVA , onde abordamos a temática dos automatismos e da robótica e da informática, na substituição da mão de trabalho.
Ainda há pouco foi noticiado, a propósito dos avanços na investigações das potencialidades do Silício, os cientistas que se dedicam a essas investigações, afirmaram que brevemente os computadores serão capazes de gerar hipóteses, sem dependerem da ajuda dos cientistas humanos, ou dependendo muito pouco deles.
Usando técnicas de inteligência artificial, os programas de computador estão cada vez mais capazes de integrar o conhecimento publicado com os dados experimentais, de localizar padrões e relações lógicas e de permitir o surgimento de novas hipóteses, com muito pouca intervenção humana.
Depois disto, pomos dúvidas que a pergunta principal que se coloca á humanidade não seja:
Até quando os meios de produção continuarão a ser propriedade de uma restrita elite, que beneficia, determina e utiliza, em seu quase exclusivo benefício???
Até que ponto as novas condições científicas, económicas, sociais e políticas permitirão o actual modo de produção capitalista???

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

UM FENÓMENO ATERRORIZADOR

JÁ VIRAM UMA MONTANHA A DESLIZAR???
É UMA SITUAÇÃO VERDADEIRAMENTE APAVORANTE
ATÉ ARREPIA!!!
CLIQUE AQUI
DIVERSAS PAISAGENS

DE GRANDE BELEZA

Mais um “power point” de grande beleza e com um fundo musical que transmite um clima de serenidade, tão necessário aos portugueses, nestes dias de inquietação.
As notícias que todos os dias enegrecem o nosso futuro, precisam mais do que nunca, espíritos lúcidos e capazes a cada dia, tomarem as melhores decisões.
Esperemos que no limite, não se perca a noção de que no dia-a-dia, há sempre alguma coisa de bom e construtivo.



NESTE LINK
ECOLOGIA

Desde sempre lutámos pela construção de uma sociedade justa, igualitária, fraterna e em liberdade.
Somos militantes por um mundo mais equilibrado com a Natureza.
Somos contra o modo de produção capitalista que vive não só da exploração do homem, como dos recursos não-renováveis do planeta (petróleo, carvão, ferro, manganês, etc., etc).
Somos pela racionalização do aumento demográfico, que tem sido explosivo nos últimos 100 anos.
Numa interessante emissão do “Discovery Channel” foram avançados alguns dados, verdadeiramente assustadores.
500 Milhões dos 6 biliões e 800 milhões de habitantes do planeta, vivem em desertos em situação de penúria absoluta.
Enquanto um habitante de Los Angeles, nos EUA, gastam mil litros de água por dia, mais de 1 bilião de habitantes da Terra não têm possibilidades de beber um copo de água pura, nesse espaço de tempo.
No ano 2025, isto é, daqui a apenas 15 anos, só 1 em cada 4 africanos terá o que comer e água para beber.
20% Da população mundial, ou seja mais de 1 bilião e 400 milhões de habitantes do planeta vivem com menos de 1 dólar por dia.
Calcula-se que nos próximos 25 anos a Terra vai perder mais de 25% das espécies animais e vegetais
Somente o equivalente a população da China, ou seja 1bilião e 400 milhões, poderiam desejar ter um padrão semelhante á média dos habitantes dos Estados Unidos da América, que mesmo assim é apenas o 7º em rendimento “per capita” mundial e o 15º no índice mundial do desenvolvimento humano.
Todo o resto da humanidade teria da desaparecer, ou seja 5 biliões e 400 milhões dos 6 biliões e 800 milhões que existem actualmente!!!

NISTO POUCOS FALAM E MUITOS ESCONDEM!!!
O PALHAÇO
Já tinha conhecimento da existência deste texto de Mário Crespo, há bastante tempo.
Hoje chegou ao meu conhecimento, enviado por um querido camarada, acompanhado de uma legenda que subscrevo:
O MÁRIO CRESPO... PASSOU-SE!!!

Ena! Parabéns, pela coragem! Esta é directa, sem rodeios, ainda que sem o nome próprio...
Como é que consegue que ainda não o tenham calado?

De facto, nem sequer é um retrato, com vidro fosco por cima.
É como um retrato, tecnologicamente evoluído, que dê uma imagem em todas as dimensões, transmitindo até o fedor da alma, minucioso no escarafunchar das consequências que sofremos, fixando na imortal memória do lado negro da nossa história o supremo traidor da ingenuidade de quem nele confiou.







O PALHAÇO

O palhaço compra empresas de alta tecnologia em Puerto Rico por milhões, vende-as em Marrocos por uma caixa de robalos e fica com o troco. E diz que não fez nada.
O palhaço compra acções não cotadas e num ano consegue que rendam 147,5 por cento. E acha bem. O palhaço escuta as conversas dos outros e diz que está a ser escutado. O palhaço é um mentiroso.
O palhaço quer sempre maiorias. Absolutas. O palhaço é absoluto.
O palhaço é quem nos faz abster. Ou votar em branco. Ou escrever no boletim de voto que não gostamos de palhaços.
O palhaço coloca notícias nos jornais.
O palhaço torna-nos descrentes. Um palhaço é igual a outro palhaço. E a outro. E são iguais entre si.
O palhaço mete medo. Porque está em todo o lado. E ataca sempre que pode. E ataca sempre que o mandam. Sempre às escondidas. Seja a dar pontapés nas costas de agricultores de milho transgénico, seja a desviar as atenções para os ruídos de fundo. Seja a instaurar processos. Seja a arquivar processos. Porque o palhaço é só ruído de fundo. Pagam-lhe para ser isso com fundos públicos. E ele vende-se por isso. Por qualquer preço. O palhaço é cobarde. É um cobarde impiedoso. É sempre desalmado quando espuma ofensas ou quando tapa a cara e ataca agricultores. Depois diz que não fez nada. Ou pede desculpa.
O palhaço não tem vergonha. O palhaço está em comissões que tiram conclusões. Depois diz que não concluiu. E esconde-se atrás dos outros, vociferando insultos.
O palhaço porta-se como um labrego no Parlamento, como um boçal nos conselhos de administração e é grosseiro nas entrevistas.
O palhaço está nas escolas a ensinar palhaçadas. E nos tribunais. Também.
O palhaço não tem género. Por isso, para ele, o género não conta. Tem o género que o manda ter. Ou que lhe convém. Por isso pode casar com qualquer género. E fingir que tem género. Ou que não o tem.
O palhaço faz mal orçamentos. E depois rectifica-os. E diz que não dá dinheiro para desvarios. E depois dá. Porque o mandaram dar. E o palhaço cumpre. E o palhaço nacionaliza bancos e fica com o dinheiro dos depositantes. Mas deixas depositantes na rua. Sem dinheiro. A fazerem figura de palhaços pobres.
O palhaço rouba. Dinheiro público. E quando se vê que roubou, quer que se diga que não roubou. Quer que se finja que não se viu nada. Depois diz que quem viu o insulta. Porque viu o que não devia ver.
O palhaço é ruído de fundo que há-de acabar, como todo o mal. Mas antes ainda vai viabilizar orçamentos e centros comerciais em cima de reservas da natureza, ocupar bancos e construir comboios que ninguém quer. Vai destruir estádios que construiu e que afinal ninguém queria.
E vai fazer muito barulho com as suas pandeiretas digitais, saracoteando-se em palhaçadas, por comissões parlamentares, comarcas, ordens, jornais, gabinetes e presidências, conselhos e igrejas, escolas e asilos, roubando e violando porque acha que o pode fazer.
Porque acha que é regimental e normal agredir violar e roubar. E com isto o palhaço tem vindo a crescer e a ocupar espaço e a perder cada vez mais vergonha.
O palhaço é inimputável. Porque não lhe tem acontecido nada desde que conseguiu uma passagem administrativa ou aprendeu o inglês dos técnicos e se tornou político.
Este é o país do palhaço. Nós é que estamos a mais. E continuaremos a mais enquanto o deixarmos cá estar.
A escolha é simples: Ou nós, ou o palhaço

terça-feira, 9 de novembro de 2010

45 BELAS IMAGENS

Para não contrastar com a beleza do texto que se segue, resolvemos fazer do “power point “do dia, uma outra manifestação de beleza.
Temos de enfeitar a nossa existência, na medida do possível, com as pequenas coisas boas que a vida nos vai proporcionando.
Somos um povo que vive esmagado pelo quotidiano, que tendo muito pouco para se orgulhar e onde encontrar forças para encarar o dia-a-dia que diminui a cada aldrabice ou promessa frustrada, de quem nos governa.
É necessário, é fundamental, recorrer a todos os artifícios que ajudem a manter alguma capacidade de resistência e lucidez para saber reagir a um poder que nos governa e dá a sensação de só pensar em nos explorar, para poder manter as suas mordomias e a dos seus capangas.
Á vontade de desistir, temos de opor um resistência serrada e continuar a luta por um mundo melhor, com certeza que essa esperança tem fundamento e é necessária.
A que propósito a mãe Natureza nos havia de escolher, para dando-nos a consciência exacta dos direitos inerentes á pessoa humana, negar-nos por outro lado, os meios de os usufruir em plenitude!
Temos de pensar que está nas nossas mãos consegui-lo, que a parcela que cada um representa, por ínfima que seja, junto com as múltiplas consciências que pensam e sentem como nós, constituem os aliados preferenciais, que permitirão transformar a sociedade que temos e não merecemos.
Só precisamos ganhar uma consciência militante, e lutar por uma diferente justiça social...... para todos.

NESTE LINK
ÓPERA PARA TODA A GENTE

ACTUAÇÃO DE SURPRESA

NUM CAFÉ DE PAMPLONA

A ópera como expressão artística, considerada manifestação cultural, tem por tradição um carácter elitista.
No entanto, o êxito que se reveste qualquer apresentação deste tipo de espectáculo, fora dos circuitos elitistas da sociedade e mais nitidamente quando, quer pelo local quer pela assistência, a raiz popular da maioria é predominante, as manifestações de agrado demonstram, que o apreço pela música dita erudita, não é característica exclusiva das elites sociais.
Por saber que assim é, temos em Portugal, todos os anos, na abertura da Festa do Avante, a primeira noite no palco principal, totalmente preenchida por dezenas de trechos musicais, quer orquestrais acompanhando um ou outro virtuoso em concerto, quer com árias e coros de operas celebres.
Dezenas e dezenas de milhar de pessoas assistem a estes espectáculos, com indescritível entusiasmo, que raiam muitas vezes a comoção.
As espontâneas manifestações de agrado que aqui e ali não resistem a exteriorisar a sua extemporânea volúpia, a quantidade dos aplausos e a emoção que muitos rostos espelham, são a prova que a chamada música clássica ou erudita, só pelas escassas oportunidades ou pelo preço dos espectáculos, não é mais vulgarizada entre as massas populares.
O “CAFÉ IRUÑA” em Pamplona, é famoso não só pela sua arquitectura, como também por ser aí que Ernest Hemingway mantinha uma presença quase constante.
No dia 7 de Maio de 2010, para celebrar do ”Dia Europeu da Opera”, a “Asociación Gayarre Amigos de la Ópera de Navarra" (AGAO), daquela cidade espanhola, resolveu fazer uma actuação de surpresa com o coro "Premier Ensemble”, disfarçado de empregados e frequentadores normais desse famoso e frequentadíssimo café.
A surpresa e emoção que se espelha no rosto e nos olhos de alguns dos frequentadores do café, ao ouvirem o presente que lhes estava a ser oferecido, sem o esperarem, é significativo das surpreendentes emoções que a música e o belo canto podem desencadear.
É esta beleza misteriosa da vida, que quando se faz algo de verdadeiramente belo, as lágrimas saiam suave e incontroladamente.
Confirme o acabamos de dizer clicando
AQUI
EM TEMPO DE CRISE!!!

GUIMARÃES CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA 2012

O assalto aos dinheiros públicos começou em 2009.
Presidente da Fundação:

TERESA CRISTINA COSTA LEITE DE AZEVEDO.
Aufere 14 500,00 € x 14 meses, carro topo de gama, combustível, não pagam portagens, telemóvel sem limite, etc., etc.
Vogal Executiva do Conselho de Administração:

CARLA MARIA DO NASCIMENTO MORAIS.
Aufere 12 500,00 € x 14 meses, carro topo de gama, combustível, não pagam portagens, telemóvel sem limite, etc., etc.
Vogal Executiva do Conselho de Administração:

JOÃO JOSÉ SOUSA BONIFÁCIO SERRA.
Aufere 12 500,00 € x 14 meses, carro topo de gama, combustível, não paga portagens, telemóvel sem limite, etc., etc.

Não há dinheiro para a cultura porque, pelo que se vê, ele é metido nos bolsos de alguns agentes ditos culturais.
Mais de meio milhão de euros anuais, fora os carros e outras mordomias, para pagar a três pessoas.
Seria interessante saber quanto ganham os programadores de Maribor, a cidade eslovena que partilha com Guimarães, o título de capital da cultura.
Não nos admirávamos de que fossem totalmente voluntários.

ASSIM NÃO HÁ PEC QUE RESISTA!
Os salários escandalosos pagos aos membros da Fundação Cidade de Guimarães, que tem a seu cargo a "programação cultural" neste
DOCUMENTO ANEXO


IMPORTANTE ESCLARECIMENTO

DAS PROSTITUTAS DE PORTUGAL


NESTE LINK